Estado nutricional, ingestão alimentar e marcadores séricos de cobre, manganês e zinco de pacientes com quelóide

Estado nutricional, ingestão alimentar e marcadores séricos de cobre, manganês e zinco de pacientes com quelóide

Título alternativo Nutritional status, ingestion and biological markers of copper, manganese and zinc of patients with keloids
Autor Bersch-Ferreira, Ângela Cristine Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Hochman, Bernardo Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Cirurgia translacional - são Paulo
Resumo Introduction: Studies on nutrition and keloid discuss the intake of macroand micronutrients. Regarding micronutrients, although the literature has already determined the association between trace elements and wound healing, studies about the relationship between them and the development of keloid are reduced. Objective: To investigate the nutritional status of patients with keloid, in relation to copper, manganese and zinc. Methods: 111 patients from the outpatient clinic of the Department of Pathological Scars of Plastic Surgery, UNIFESP were interviewed. Sixty-one belonged to keloid group (GQ) and 50 to control group (GC). Firstly, the body mass index (BMI) and percentage’s body fat (%Fat) were determined. Secondly, the dietary assessment was performed by the recall of 24 hours and 3 days of food records. After that, the patients were sent to the laboratory of the Association for Psychopharmacology Incentive Fund, which carried out the assessment of their serum minerals. Results: The BMI of both groups presented similar means, however, the average of %Fat was higher in GQ (p <0.05). As for dietary intake of copper, manganese and zinc, no statistically significant difference between the groups were found. In the other hand, serum levels of copper and manganese were higher and the level of zinc was lower in GQ (p <0.05). Conclusion: Patients with keloids have a higher %Fat, lower serum zinc and higher serum levels of copper and manganese in relation to patients with normotrophyc scars.

Introdução: O estado nutricional geral do indivíduo influi na cicatrização. Estudos sobre o estado nutricional em cicatrização patológica, especialmente no quelóide, são raros, embora a correlação entre o desenvolvimento desta com o estado nutricional possa estar vinculado. Objetivo: Investigar o estado nutricional, ingestão alimentar e níveis séricos de cobre, manganês e zinco de pacientes portadores de quelóide. Métodos: Foram entrevistados 111 indivíduos oriundos do ambulatório do Setor de Cicatrizes Patológicas da Disciplina de Cirurgia Plástica da UNIFESP. Sessenta e um pertenceram ao grupo quelóide (GQ) e 50 ao grupo controle (GC). Primeiramente determinou-se o Índice de Massa Corporal (IMC) e a porcentagem de gordura corporal (%Gordura). Em seguinda, foi realizada a avaliação dietética a partir do Recordatório de 24 Horas e do registro alimentar de três dias. E, a seguir, a avaliação sérica dos minerais. Resultados: O IMC de ambos os grupos apresentou médias semelhantes; entretanto, a média de %Gordura foi superior no GQ (p<0,05). Não houve diferença significante da ingestão dos micronutrientes entre os grupos. Já os níveis séricos de cobre e manganês estiveram superiores e o de zinco esteve inferior no GQ (p<0,05). Conclusão: Os pacientes portadores de quelóide apresentaram maior %Gordura, menor nível sérico de zinco e maior nível sérico de cobre e manganês em relação aos pacientes portadores de cicatrizes normotróficas, apesar da ingestão alimentar desses micronutrientes não diferir entre os grupos.
Palavra-chave Cobre
Keloids
Manganese
Manganês
Quelóide
Zinc
Zinco
copper
Estado Nutricional
Nutritional status
Idioma Português
Financiador Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Data de publicação 2010-04-28
Publicado em FERREIRA, Ângela Cristine Bersch. Estado nutricional, ingestão alimentar e marcadores séricos de cobre, manganês e zinco de pacientes com quelóide. 2010. 124 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2010.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 124 f.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9481

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publico-254.pdf
Tamanho: 1.353MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta