Estado nutricional relativo à vitamina A e zinco e sua relação com estresse oxidativo em pacientes com Ataxia-Telangiectasia

Estado nutricional relativo à vitamina A e zinco e sua relação com estresse oxidativo em pacientes com Ataxia-Telangiectasia

Título alternativo Nutritional status concerning vitamin A and zinc their relation with oxidative stress in Ataxia-Telangiectasia Patients
Autor Silva, Rosangela da Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Costa-Carvalho, Beatriz Tavares Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Ataxia-telangiectasia (A-T) is a rare and degenerative disease that leads to varying degrees of immunodeficiency, exacerbation of oxidative stress and malnutrition in over 50% of patients. Objectives: To evaluate the nutritional status, retinol and beta carotene plasmatic concentration and zinc serum and erythrocytes in patients with A-T. To correlate these concentrations with: malondialdehyde (MDA), T lymphocyte numbers (CD4+ e CD8+) and immunoglobulin (IgA). Methods: In a cross sectional study, prospective and controlled, we evaluated 14 patients with A-T and 14 healthy controls according to the Z score of BMI and height for age, body composition, dietary intake and laboratory tests. Results: The mean age of the groups was 13 years; 7 (50%) patients were malnourished. The patients exhibited lean body mass significantly lower compared to controls, p = 0.006. There was no difference between the concentrations of micronutrients or MDA between patients and controls. There was a negative correlation between MDA and the concentrations of retinol (r = - 0.628, p = 0.016) and a significant positive correlation between IgA levels and retinol (r = 0.633, p = 0.015). The average energy consumption and zinc was lower in patients compared to controls (p <0.05). Conclusion: The A-T patients showed a high percentage of malnutrition with a reduction of lean mass, however, changes in nutritional status concerning vitamin A and zinc wasn´t observed.

Introdução: A ataxia-telangiectasia (A-T) é uma doença rara, degenerativa e que cursa com imunodeficiência em graus variáveis, com exacerbação do estresse oxidativo e com desnutrição em mais de 50% dos pacientes. Objetivos: Avaliar o estado nutricional e as concentrações plasmáticas de retinol, beta caroteno, séricas e eritrocitárias de zinco de pacientes com A-T. Relacionar as concentrações desses micronutrientes com: malondialdeído (MDA), número de linfócitos T (CD4+ e CD8+) e imunoglobulinas do tipo A (IgA). Métodos: Por meio de estudo transversal, prospectivo e controlado, foram avaliados 14 pacientes com A-T e 14 controles saudáveis quanto ao escore Z de IMC e de estatura para a idade, composição corporal, consumo alimentar e exames laboratoriais. Resultados: A média de idade dos grupos foi de 13 anos; 7 (50%) pacientes eram desnutridos. Os pacientes apresentaram massa corporal magra, em quilos, significativamente menor comparativamente aos controles, p= 0,006. Não houve diferença entre as concentrações de micronutrientes ou de MDA entre pacientes e controles. Houve correlação negativa significante entre as concentrações de MDA e de retinol no grupo de pacientes (r = - 0,628, p=0,016). Observou correlação positiva entre níveis de IgA e retinol plasmático (r=0,633, p=0,015). A mediana de consumo de energia e de zinco foi inferior nos pacientes com A-T comparativamente aos controles (p< 0,05). Conclusão: Os pacientes com A-T avaliados demonstraram elevado percentual de desnutrição com redução de massa corporal magra, não se verificando, porém, alteração no estado nutricional relativo à vitamina A e zinco.
Assunto Estado nutricional
Estresse oxidativo
Vitamina A
Zinco
Ataxia telangiectasia
Oxidative stress
Vitamin A
Zinc
Nutritional status
Idioma Português
Data 2011-02-22
Publicado em SILVA, Rosangela da. Estado nutricional relativo à vitamina A e zinco e sua relação com estresse oxidativo em pacientes com Ataxia-Telangiectasia. 2011. Tese (Doutorado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2011.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 75 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9480

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)