Estado nutricional e fatores de risco cardiovascular em crianças e adolescentes filhos ou netos de coronariopatas jovens

Estado nutricional e fatores de risco cardiovascular em crianças e adolescentes filhos ou netos de coronariopatas jovens

Título alternativo Nutritional status and cardiovascular risk factors in children and adolescents children or grandchildren of young coronary disease
Autor Kovacs, Cristiane Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Schimith Escrivão, Maria Arlete Meil Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Background: Family history of early cardiovascular disease is a major cardiovascular risk factor in childhood and adolescence. Children and adolescents with positive family history that also often have other cardiovascular risk factors. Objective: To evaluate the nutritional status and its relationship with cardiovascular risk factors in children or young grandchildren of coronary artery disease. Methods: A cross-sectional study with 100 children and adolescents 5-17 years, children or grandchildren of young coronary patients. The variables studied were gender, age, weight, height, body mass index (BMI), waist circumference, nutritional status, blood pressure, metabolic syndrome, dietary habits, physical activity, results of laboratory tests (glucose, total cholesterol and fractions, triglycerides). To examine the associations between the variables we used the Fisher exact test, with significance level of 5%. Results: The nutritional status, it was observed that 60% were normal and 40% were overweight. In the evaluation of laboratory tests, 29% had total cholesterol, LDL increased 8%, 45% low HDL and triglycerides increased 13%. In the group with overweight, the percentages were higher triglyceride levels (p = 0.005) and increased waist circumference (p <0.001), 22.5% had abnormal blood pressure and altered glucose 5%. Physical inactivity was present in 40% and 87% of them had excessive intake of atherogenic fat. Besides a family history of coronary disease, 30% of the population had more than two cardiovascular risk factors and 41% more than three. Conclusion: The association of cardiovascular risk factors among children and adolescents, children or grandchildren of young coronary patients, this study confirms the influence of family history and his contribution to the risk of developing cardiovascular disease.

Fundamento: A história familiar de doença cardiovascular precoce é um dos principais fatores de risco cardiovascular na infância e adolescência. Crianças e adolescentes com esse histórico familiar positivo costumam apresentar também outros fatores de risco cardiovascular. Objetivo: Avaliar o estado nutricional e a sua relação com fatores de risco cardiovascular em filhos ou netos de coronariopatas jovens. Métodos: Estudo transversal com 100 crianças e adolescentes de 5 a 17 anos, filhos ou netos de coronariopatas jovens. As variáveis estudadas foram: sexo, idade, peso, estatura, índice de massa corporal (IMC), circunferência abdominal, estado nutricional, pressão arterial, presença de síndrome metabólica, hábitos alimentares, prática de atividade física, resultados de exames laboratoriais (glicemia, colesterol total e frações, triglicérides). Para analisar as associações entre as variáveis estudadas foi utilizado o teste exato de Fisher, com nível de significância de 5%. Resultados: Quanto ao estado nutricional, observou-se que 60% deles eram eutróficos e 40% apresentavam excesso de peso. Na avaliação dos exames laboratoriais, 29% tinham colesterol total aumentado, 8% LDL aumentado, 45% HDL baixo e 13% triglicérides aumentados. No grupo com excesso de peso, foram mais elevados os percentuais de triglicérides aumentados (p = 0,005) e de circunferência abdominal aumentada (p < 0,001); 22,5% apresentavam pressão arterial alterada e 5% glicemia alterada. O sedentarismo esteve presente em 40% deles e 87% apresentavam ingestão excessiva de gorduras aterogênicas. Além da história familiar positiva para doença coronariana, 30% da população estudada apresentava mais de dois fatores de risco cardiovascular e 41% mais de três. Conclusão: A associação de fatores de risco cardiovascular entre as crianças e os adolescentes, filhos ou netos de coronariopatas jovens, deste estudo, confirmam a influência da história familiar e a sua contribuição no risco para o desenvolvimento das doenças cardiovasculares.
Palavra-chave Adolescent
Adolescente
Coronariopatia
Coronary artery disease
Estado nutricional
Fatores de risco
Nutritional status
Risk factors
Child
Criança
Genetic predisposition to disease
Predisposição genética para doença
Idioma Português
Data de publicação 2011-05-25
Publicado em KOVACS, Cristiane. Estado nutricional e fatores de risco cardiovascular em crianças e adolescentes filhos ou netos de coronariopatas jovens. 2011. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2011.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9478

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publico-12657.pdf
Tamanho: 899.5KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta