Epidemiologia de candidemia em pacientes com neoplasias hematológicas e tumores sólidos

Epidemiologia de candidemia em pacientes com neoplasias hematológicas e tumores sólidos

Título alternativo Epidemiology of candidemia in patients with hematologic malignancies and solid tumors
Autor Bergamasco, Maria Daniela Di Dea Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Colombo, Arnaldo Lopes Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Candidemia is an important problem in hospitals worldwide, with documented geographic variance in its epidemiology. Cancer is the most prevalent underlying diseases reported in most series of candidemia, and in this specific setting, there are also regional differences in epidemiologic aspects. Furthermore, there is evidence showing different characteristics of this infection among patients with hematologic mailgnancies (HM) and solid tumors (ST) that need to be better characterized. The aims of this study were to describe the epidemiology of candidemia in cancer in Brazilian medical centers, comparing characteristics in HM and ST; and to analyze predictors of 30-day poor outcome. A retrospective study was performed, based on three data bases prospectively collected from laboratory-based surveillance in 18 tertiary care hospitals of 12 cities in Brazil, between march/2003 and december/2007. All patients with cancer who developed candidemia were included for analysis. During the study period, 365 candidemia episodes ocurred in 117 HM and 248 ST patients. C.albicans, C.tropicalis and C.parapsilosis were the most frequent species isolated in the two cancer populations. Comparatively, there was a higher proportion of C.parapsilosis in the HM group (23.1% versus 14.9%, p 0.06) and a higher proportion of C.albicans (40.7% vs 30.8%, p 0.07) and C.glabrata (12.1% vs 6.0%, p 0.07) in patients with ST, although not statistically significant. Decreased fluconazole susceptibility rate (MIC ≥ 16mg/mL) among all Candida species was similar in patients with HM and ST (9.1% and 12.2% respectively, p 0,39). Thirty-day mortality was higher in the ST population, 65% versus 46% in patients with HM, p < 0.001. Factors significantly associated with 30-day mortality in multiple logistic regression model were older age and intensive care admission at the time of candidemia for HM and ST patients. C.parapsilosis infection was associated with 30-day survival only for HM patients. In conclusion, in Brazilian medical centers C.albicans, C.tropicalis and C.parapsilosis were the leading causative agents of candidemia in cancer. Different predisposing factors for candidemia, more related to the underlying disease in patients with HM and invasive procedures in ST occurred and were probably associated with the greater mortality rate in ST. Besides, predictors of poor outcome were mostly host factors: advanced age and ICU admission.

A candidemia representa um importante problema em hospitais de todo o mundo e há variações geográficas documentadas em sua epidemiologia. O câncer é a doença de base mais prevalente reportada na maioria das séries de candidemia e neste cenário particular, também há variações regionais na etiologia e história natural. Além disto, diferentes aspectos da infecção são observados em pacientes com neoplasias hematológicas (NH) e tumores sólidos (TS) que precisam ser caracterizados. Os objetivos deste estudo foram descrever a epidemiologia de candidemia em câncer em centros médicos brasileiros, comparando as características em portadores de NH e TS e avaliar os fatores associados ao óbito em 30 dias. Foi realizado um estudo retrospectivo, baseado em três bancos de dados coletados prospectivamente, a partir de vigilância laboratorial de candidemia em 18 hospitais terciários distribuídos por 12 cidades brasileiras, no período entre março de 2003 e dezembro de 2007. Todos os pacientes com câncer, admitidos nos centros participantes e que desenvolveram candidemia foram incluídos para análise. No período avaliado, ocorreram 365 episódios de candidemia em 117 pacientes portadores de NH e 248 portadores de TS. C.albicans, C.tropicalis e C.parapsilosis foram as espécies mais prevalentes nas duas populações. Comparativamente houve maior proporção de C.parapsilosis nos pacientes hematológicos (23,1% VS 14,9%; p 0,06) e maior proporção de C.albicans (40,7% VS 30,8%; p 0.07) e C.glabrata (12,1% VS 6,0%; p 0,07) nos pacientes com TS, embora sem significância estatística. A freqüência de susceptibilidade reduzida ao fluconazol (MIC ≥ 16μg/mL) entre todas as espécies foi similar nos portadores de NH e TS (9,1% e 12,2% respectivamente; p 0,39). A mortalidade em 30 dias foi maior nos pacientes com TS, 65% versus 46% em HM, p 0,001. Os fatores preditivos de mortalidade em 30 dias no modelo de regressão logística múltipla foram: idade avançada e admissão em UTI para ambos os grupos. Infecção por C.parapsilosis associou-se a sobrevida em 30 dias apenas nos pacientes hematológicos. Conclui-se que em centros médicos brasileiros, C.albicans, C.tropicalis e C.parapsilosis foram os principais agentes causadores de candidemia em câncer. Diferentes fatores predisponentes ocorreram, sendo mais relacionados ao período de aplasia e quimioterapia nos pacientes com NH e a procedimentos invasivos naqueles com TS. A mortalidade em 30 dias foi maior nos portadores de TS, provavelmente pela idade mais avançada e maior gravidade clínica. Os fatores preditivos de mortalidade em 30 dias nas duas populações foram basicamente relacionados ao hospedeiro: idade avançada e admissão em UTI.
Palavra-chave Fungemia/epidemiologia
Neoplasias hematológicas
Candidiase/epidemiologia
Candidemia
Idioma Português
Data de publicação 2010-08-25
Publicado em BERGAMASCO, Maria Daniela Di Dea. Epidemiologia de candidemia em pacientes com neoplasias hematológicas e tumores sólidos. 2010. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2010.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 136 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9462

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta