Eficácia do topiramato no tratamento do transtorno de estresse postraumático

Eficácia do topiramato no tratamento do transtorno de estresse postraumático

Título alternativo Effectiveness of topiramate in the treatment of posttraumatic stress disorders
Autor Yeh, Mary Sau Ling Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Mello, Marcelo Feijó de Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo The aim of this study was to evaluate the efficacy and tolerability of topiramate in patients with posttraumatic stress disorder (PTSD). We conducted a 12-week double-blind, randomized, placebo-controlled study comparing topiramate to placebo. Men and women aged 18 to 62 years with diagnosis of PTSD according to DSM-IV were recruited from the outpatient clinic of the violence program of Federal University of São Paulo Hospital (Prove- UNIFESP), São Paulo City, between April 2006 and December 2009. Subjects were assessed for the Clinician-Administered Posttraumatic Stress Scale (CAPS), Clinical Global Impression (CGI), and Beck Depression Inventory (BDI). After 1-week period of washout, 35 patients were randomized to either group. The primary outcome measure was the CAPS total score changes from baseline to the endpoint. In all 82.35% of patients in the topiramate group exhibited improvements in PTSD symptoms. The efficacy analysis demonstrated that patients in the topiramate group exhibited significant improvements in reexperiencing symptoms: flashbacks, intrusive memories, and nightmares of the trauma (CAPS-B; p = 0.04) and in avoidance/numbing symptoms associated with the trauma, social isolation, and emotional numbing (CAPS-C; p = 0.0001). Furthermore, the experimental group demonstrated a significant difference in decrease in CAPS total score (topiramate –57.78; placebo –32.41; p = 0.0076). Topiramate was generally well tolerated. Topiramate was effective in improving reexperiencing and avoidance/numbing symptom clusters in patients with PTSD. This study supports the use of anticonvulsants for the improvement of symptoms of PTSD.

O presente estudo avaliou a eficácia e a tolerabilidade do topiramato nos pacientes com Transtorno de Estresse Pós-Traumático (TEPT). Foi realizado estudo clínico randomizado, duplo-cego e controlado comparando topiramato com placebo. Homens e mulheres entre 18 e 62 anos com diagnóstico de TEPT segundo os critérios do DSM-IV foram selecionados do ambulatório do Programa de Violência da Universidade Federal de São Paulo (Prove- UNIFESP) entre abril de 2006 e dezembro de 2009. Os participantes foram avaliados através da escala de TEPT administrada por clínicos (CAPS), escala de Impressão Clínica Global (CGI) e Inventário de Depressão de Beck (BDI). Após 1 semana de wash-out, trinta e cinco pacientes com TEPT foram randomizados para tratamento com topiramato ou placebo e acompanhados por 12 semanas. Foi observado que 82,35% dos pacientes que receberam topiramato apresentaram melhora dos sintomas do TEPT. Na análise de eficácia, os pacientes do grupo topiramato demonstrou demonstraram redução significativa dos sintomas de revivescência: memórias intrusivas, flashbacks e pesadelos (CAPS B; p=0,004) e sintomas de evitação e entorpecimento emocional (CAPS C; p = 0,0001). Além disso, encontramos melhora significativa do escore do CAPS total (topiramato –57,78; placebo –32,41; p = 0,0076) nos pacientes do grupo experimental. Topiramato foi bem tolerado e efetivo principalmente nos sintomas de revivescência e anestesia e evitação do TEPT. Este estudo dá suporte para o uso de anticonvulsivantes na melhora dos sintomas do TEPT.
Palavra-chave Lasers
Ensaio clínico controlado aleatório
Topiramato
Transtornos de estresse pós-traumáticos/terapia
Lasers
Randomized controlled trial
Stress disorders, post-traumatic/therapy
Idioma Português
Data de publicação 2010-10-27
Publicado em YEH, Mary Sau Ling. Eficácia do topiramato no tratamento do transtorno de estresse postraumático. 2010. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2010.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 70 p.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9448

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publico-478a.pdf
Tamanho: 1.748MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo
Nome: Publico-478b.pdf
Tamanho: 1.641MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo
Nome: Publico-478c.pdf
Tamanho: 865.8KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta