Eficácia de exercícios mandibulares para disfunção temporomandibular em pacientes com síndrome da apnéia obstrutiva do sono em tratamento com aparelho intra-oral

Eficácia de exercícios mandibulares para disfunção temporomandibular em pacientes com síndrome da apnéia obstrutiva do sono em tratamento com aparelho intra-oral

Título alternativo Efficacy of mandibular exercices as support therapy for temporomandibular disorders in patents with sleep apnea syndrome treated with oral appliance
Autor Cunali, Paulo Afonso Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Bittencourt, Lia Rita Azeredo Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Introduction: The studies that contra-indicate the use of an oral appliance (OA) for the treatment of Obstructive Sleep Apnea Syndrome (OSA) in the presence of signs and / or symptoms of temporomandibular disorders (TMD), or that report abandonment or suspension of their use due to pain caused by TMD, did not follow the same diagnosis criteria for TMD. Since the quality of life of individuals with OSA and TMD is further compromised by the presence of both syndromes, it is essential a assure diagnosis and a effective treatment for TMD. Among the treatments, the jaw exercises are considered as a supportive therapy (ST) in TMD. Objective: To assess the effectiveness of mandibular exercises, with support therapy for TMD in subjects with OSA and TMD considering the in reduction of pain, improved of the quality of life, and the compliance to treatment with the OA. Patients and Methods: All patients were evaluated prior and to 120 days after the use of the OA by means Fletcher & Lucket sleep questionnaire, the Epworth Sleepiness Scale, the SF-36 Inventory of quality of life, polysomnography, sleep and daily usage OA, clinical and radiographic evaluation of teeth and bone structure, and exam to observed sings and/or symptoms for TMD by the RDC/TMD criteria. The patients were randomized in two groups: support therapy (ST) and placebo therapy (PT). Results: Forty-five out of the 87 patients who were diagnosed with mild to moderate OSA referred to the use of the OA had their diagnosis confirmed by the RDC/TMD. Twenty-nine of those patients completed the 120 days treatment (15 patients in the ST group and 14 in the PT group). Patients in the ST group showed a significant improvement in their sleep complaints and improvement in a higher number of life quality domains when compared to the group of PT. As advances were made in OA positioning a significantly higher number of patients with persistent pain was observed in the PT group, in comparison to the ST group. There was reduction of pain intensity in the ST group compared to PT group. After advancement of the OA, higher compliance to the use of OA was observed in the ST group than in the PT group. Conclusion: Support Therapy with mandibular exercises showed significant improvement in quality of life and quality of sleep in patients with OSA and TMD who were treated with OA, being also effective in reducing pain and the increase the compliance to the OA treatment.

Introdução: Os estudos que contra-indicam o uso de um aparelho intra-oral (AIO) para tratamento da Síndrome da Apnéia Obstrutiva do Sono (SAOS) na presença de sinais e/ou sintomas da disfunção temporomandibular (DTM), ou que relatam o abandono ou suspensão do seu uso devido à dor causada pela DTM, não seguiram o mesmo critério de diagnóstico para a DTM. Desde que a qualidade de vida dos indivíduos com SAOS e DTM fica ainda mais comprometida devido à presença de ambas as síndromes, é importante um diagnóstico seguro e um tratamento eficaz para a DTM. Entre os tratamentos, os exercícios mandibulares são tidos como terapias de suporte (TS) para as DTM. Objetivo: Avaliar, em indivíduos com SAOS e DTM, a eficácia de uma terapia de suporte com exercícios mandibulares para a DTM, na redução da dor, na melhora da qualidade de vida, com o fim de alcançar o aumento da adesão ao tratamento com o AIO. Casuística e Métodos: Todos os pacientes foram avaliados no início, e após 120 dias de uso do AIO com: Questionário do sono de Fletcher e Lucket, Escala de Sonolência de Epworth, Inventário de qualidade de vida SF 36, polissonografia, diário de sono e de uso do AIO, avaliação clínica e radiográfica dos dentes, das estruturas ósseas e exame da ATM pelos critérios diagnósticos de DTM (RDC). Os pacientes foram aleatoriamente divididos em 2 grupos: terapia de suporte para DTM (TS) e terapia placebo (TP). Resultados: De 87 pacientes com diagnóstico de SAOS leve à moderada e encaminhados para uso de AIO, 45 tiveram diagnóstico confirmado pelo RDC de (DTM). Vinte e nove pacientes cumpriram os 120 dias de tratamento (15 pacientes no grupo da TS, e 14 no grupo da TP). Os pacientes do grupo TS mostraram melhora significativa nas queixas do sono, e melhora em maior número de domínios da qualidade de vida quando comparados com o grupo de TP. No decorrer do avanço do AIO foi observado um número significativamente maior de pacientes com dor persistente no grupo da TP em comparação com o grupo da TS. Houve redução da intensidade da dor no grupo de TS comparado ao grupo TP. Após o avanço do AIO, foi observada maior adesão ao uso do AIO no grupo da TS. Conclusão: A TS com exercícios mandibulares resultou em melhora significativa na qualidade de vida e na qualidade do sono nos pacientes com SAOS e DTM tratados com AIO, além de ter sido efetiva na redução da dor e no aumento na adesão ao tratamento com o AIO.
Palavra-chave Temporomandibular disorders
Mandibular exercises
Orthodontic appliances
Side effects
Obstructive sleep apnea
Apneia do sono tipo obstrutiva
Transtornos da articulação temporomandibular
Aparelhos ortodônticos
Exercícios mandibulares
Efeitos colaterais
Idioma Português
Data de publicação 2009-02-28
Publicado em CUNALI, Paulo Afonso. Eficácia de exercícios mandibulares para disfunção temporomandibular em pacientes com síndrome da apnéia obstrutiva do sono em tratamento com aparelho intra-oral. 2009. Tese (Doutorado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2009.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 151 p.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9446

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publico-00187a.pdf
Tamanho: 1.132MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo
Nome: Publico-00187b.pdf
Tamanho: 1.870MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta