Efetividade e segurança do descalonamento de antimicrobianos em pacientes com sepse, sepse grave ou choque séptico: revisão sistemática

Efetividade e segurança do descalonamento de antimicrobianos em pacientes com sepse, sepse grave ou choque séptico: revisão sistemática

Título alternativo Effectiveness and safety of the de-escalation of antimicrobial treatment for adults with sepsis, severe sepsis or septic shock: Systematic review
Autor Silva, Brenda Nazaré Gomes da Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Salomão, Reinaldo Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Background: Sepsis, severe sepsis and septic shock have been associated with high incidence and mortality rates through different regions at the world. Such characteristics force up care givers to empirically offer early broad spectrum antimicrobial therapy. However, this approach introduce a selective pressure in the pathogens, what causes an increasing resistance to the antimicrobial agents, besides of adverse events and costs. De-escalation of an broad spectrum and adequate antimicrobial therapy have been proposed as an therapeutic option to avoid the use of unnecessary antimicrobial agents and, thus minimize the selective pressure over the pathogens, adverse events and costs associated to antimicrobial therapies. Objective: To evaluate the effectiveness and safety of de-escalation of empirical and broad-spectrum antimicrobial therapies in adult patients diagnosed with sepsis, severe sepsis and septic shock, irrespective of the microorganism responsible for the infection. Methods: A systematic review of randomized or quasirandomized controlled trials, according to the Cochrane Anaesthesia Collaborative Review Group. A sensitive search strategy was run through four electronic databases Cochrane – CENTRAL, Lilacs, Pubmed e EMBASE), bibliographic references of relevant articles and electronic contact with the main authors in the theme. There was no restriction regards to the idiom and date of the publications. Results: No randomized ou quasi-randomized controlled trial which fulfilled inclusion criteria minimal to solve the question of this systematic review was found. De-escalation has been recommended or suggested for clinical practice based on Cohort studies, narrative reviews and specialist opinions about clinical conditions similar to sepsis, severe sepsis and septic shock, mainly ventilator associated pneumonia. Conclusions: According to the findings of this systematic review, there is no adequate or definitive evidence to either support or not the de-escalation for patients with sepsis, severe sepsis or septic shock.

Introdução: Sepse, sepse grave e choque séptico estão associados a elevadas taxas de incidência e mortalidade em diferentes regiões do mundo; Isso motiva, entre outras estratégias do arsenal terapêutico, o início cada vez mais precoce de terapia antimicrobiana empírica de amplo espectro. No entanto, como consequência desta conduta, há o aumento da pressão seletiva e aumento da resistência dos patógenos aos agentes antimicrobianos, além de prováveis aumentos de eventos adversos e custos associados a estes agentes. O descalonamento da terapia antimicrobiana adequada de amplo espectro tem sido proposto como uma opção terapêutica que, além de retirar os antimicrobianos desnecessários, pode também reduzir a pressão seletiva sobre os patógenos, eventos adversos e custos associados às terapias antimicrobianas. Objetivo: Avaliar a efetividade e a segurança do descalonamento da terapia antimicrobiana em pacientes adultos, com diagnóstico de sepse, sepse grave ou choque séptico, independente do microorganismo responsável pela infecção. Método: Revisão Sistemática de ensaios clínicos aleatórios ou quasi-aleatórios, realizada de acordo com as orientações do Grupo Anestesia da Colaboração Cochrane. Foi utilizada estratégia de busca sensível em quatro bases de dados (Cochrane – CENTRAL, Lilacs, Pubmed e EMBASE), referências bibliográficas de artigos relevantes e contato eletrônico com os principais autores do tema. Não houve restrições quanto ao idioma ou ano de publicação. Resultados: Não foram encontrados estudos randomizados ou quasirandomizados que preenchessem aos critérios de inclusão mínimos para responderem à questão desta revisão sistemática. Estudos de coorte, revisões narrativas e opinião de especialistas para outras condições clínicas similares à sepse, sepse grave e choque séptico, como por exemplo pneumonia associada ao ventilador, são utilizados em diretrizes para recomendar a estratégia de descalonamento. Conclusão: De acordo com os achados desta revisão sistemática, não existem evidências adequadas e definitivas que possam apoiar ou não recomendações sobre a conduta do descalonamento em pacientes com sepse, sepse grave ou choque séptico.
Palavra-chave Sepse
Resistência microbiana a medicamentos
Revisão
Agentes antibacterianos
Anti-bacterial agents
Sepsis
Drug resistance, microbial
Review
Idioma Português
Data de publicação 2009-05-27
Publicado em SILVA, Brenda Nazaré Gomes da. Efetividade e segurança do descalonamento de antimicrobianos em pacientes com sepse, sepse grave ou choque séptico: revisão sistemática. 2009. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2009.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 154 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9441

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Retido-00225a.pdf
Tamanho: 831.4KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo
Nome: Retido-00225b.pdf
Tamanho: 1.835MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta