Mobilidade ocupacional: expressões desse processo na enfermagem

Mobilidade ocupacional: expressões desse processo na enfermagem

Título alternativo Occupational mobility: expressions of this process in nursing
Autor Zanei, Suely Sueko Viski Autor UNIFESP Google Scholar
Ide, Cilene Aparecida Costardi Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade de São Paulo (USP)
Resumo This exploratory and descriptive study presents the family context socioeconomic and cultural advancements in addition to emphasizing the educational trajectory of a group of nurses whose the common characteristic is their previous formation in the Nursing area. Based in the original study which provided part of the data used for this study, the analytical approach was of either of quantitative and qualitative nature as a consequence of the duplicate focus used in these data treatment viewing their complementarity. The present study was intended to characterize the studied population emphasizing the socioeconomic and cultural aspects which were determinant to the peculiar habitus, and culminated with a socioeconomic classification carried out either previous and subsequently to graduation time in order to detect the social mobility phenomenon resulting from the occupational mobility. It was then concluded that the latter could be observed in more than half the studied population, mostly because of the double employment linkage than the professional advancement itself.

Neste estudo descritivo de natureza exploratória, apresentamos o contexto familiar, socioeconômico e cultural pregresso, com ênfase na trajetória escolar e profissional, de um grupo de enfermeiros, cuja característica comum é a formação prévia na área de Enfermagem. No estudo original, do qual foram extraídos parte dos dados aqui apresentados, a abordagem analítica utilizada foi quantitativa e qualitativa em razão do duplo enfoque no tratamento dos dados, por entendermos que estes eram complementares. No presente artigo, objetivamos caracterizar a população em questão, enfatizando-se os aspectos socioeconômicos e culturais que foram determinantes do habitus peculiar, culminando com a classificação socioeconômica anterior e posterior à graduação a fim de detectar o fenômeno da mobilidade social decorrente da mobilidade ocupacional. Concluímos que esta última aconteceu para pouco mais da metade da população estudada, muito mais em razão do duplo vínculo empregatício do que propriamente em razão da ascensão profissional.
Palavra-chave Social mobility
Career mobility
Health occupations
Nursing
Mobilidade social
Mobilidade ocupacional
Ocupações em saúde
Enfermagem
Idioma Português
Data de publicação 2000-03-01
Publicado em Revista da Escola de Enfermagem da USP. Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem, v. 34, n. 1, p. 64-75, 2000.
ISSN 0080-6234 (Sherpa/Romeo)
Publicador Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Extensão 64-75
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0080-62342000000100009
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0080-62342000000100009 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/943

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0080-62342000000100009.pdf
Tamanho: 314.2KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta