Efeitos do consumo de cafeína na avaliação subjetiva da qualidade do sono em adolescentes

Efeitos do consumo de cafeína na avaliação subjetiva da qualidade do sono em adolescentes

Título alternativo Effects of caffeine on the subjective assessment of sleep quality in adolescents
Autor Silva, Fernanda Ribeiro Pinheiro da Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Amancio, Olga Maria Silverio Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Pediatria e ciências aplicadas à pediatria - São Paulo
Resumo Purpose: Evaluate the effects of caffeine consumption on sleep quality in adolescents and its implications on daytime sleepiness and anxiety. Methods: A study was conducted with 34 adolescents of both sexes, aged between 12 and 18 years, of a private school in Sao Bernardo do Campo city, SP (Brazil). Questionnaires were used to assess the caffeine consumption (Food Frequency), the Sleep Quality (Pittsburgh Sleep Quality Index ¡V PSQI), the Daytime Sleepiness (Epworth Sleepiness Scale ¡V ESS) and the Anxiety Levels (State-Trait Anxiety Inventory ¡V STAI). Results: The age range of the sample was from 12.4 to 18 years in females and from 12.7 to 18.2 years in males. Average hours of sleep at night was eight hours (8 h). Relation between age and bedtime was observed. The group (14.1„b1.5) that sleeps between 21 and 22 h is significantly younger than the group (17.0„b0.7) that sleeps after 00 h (midnight), p = 0.043. The cola soft drink was the most consumed caffeine source-beverage. Sleep Quality was related to the frequency of dark chocolate consumption and energetic beverages use. In relation to coffee consumption and anxiety, it was observed that as the Anxiety Levels increase, the intake volume increases. There was relation between soft drinks and anxiety. There was no relation between caffeinated foods and beverages consumption to assess sleep and anxiety. The daily cola use was related to the High Level of Trait Anxiety (p = 0.037). Conclusions: The frequency increase of dark chocolate consumption interferes in Sleep Quality. There is no relation between caffeine consumption and Daytime Sleepiness. As coffee intake and the frequency of cola soft drinks consumption increase, the Anxiety Levels increase.

Objetivos: Avaliar os efeitos do consumo de cafeina sobre a qualidade do sono em adolescentes e suas implicacoes sobre Sonolencia Diurna e ansiedade. Metodos: Estudo realizado com 34 adolescentes de ambos os sexos, com idade entre 12 e 18 anos, de uma escola privada do municipio de Sao Bernardo do Campo, SP (Brasil). Foram avaliados, por meio de questionarios, o consumo de cafeina (Frequencia Alimentar), a Qualidade do Sono (Indice de Qualidade do Sono de Pittsburgh ¡V PSQI), a Sonolencia Diurna (Escala de Sonolencia Epworth ¡V ESE) e os Niveis de Ansiedade (Inventario de Ansiedade Traco e Estado ¡V IDATE). Resultados: A amplitude da amostra de idade encontrada no sexo feminino foi de 12,4 a 18 anos e no masculino de 12,7 a 18,2 anos. A media de horas de sono durante a noite foi de oito horas (8 h). Observou-se associacao entre idade e horario de ir dormir. O grupo de idade (14,1„b1,5) que dorme entre 21 e 22 h e significativamente mais novo que o grupo (17,0„b0,7) que dorme depois das 00 h (meia-noite), p = 0,043. O refrigerante tipo cola foi a bebida-fonte de cafeina mais consumida. A Qualidade do Sono apresentou associacao com a frequencia de consumo de chocolate preto e uso de bebidas energeticas. Em relacao ao consumo de cafe e ansiedade observou-se que a medida que aumentam os Niveis de Ansiedade aumenta o volume de ingestao. Houve associacao com refrigerantes e ansiedade. Nao houve associacao entre o consumo de alimentos e bebidas cafeinadas para avaliar sono e ansiedade. O uso diario de cola se associou com o Alto Nivel de Ansiedade Traco (p = 0,037). Conclusoes: O aumento da frequencia de consumo de chocolate ao leite e meio amargo interfere na Qualidade do Sono. Nao ha associacao entre consumo de cafeina e Sonolencia Diurna. A medida que aumenta a ingestao de cafe e a frequencia do consumo de refrigerantes do tipo cola aumentam os Niveis de Ansiedade.
Palavra-chave Adolescent
Adolescent Health
Adolescent behavior
Adolescente
Alimentação
Comportamento do adolescente
Diet
Saúde do adolescente
Sleep
Sono
Cafeína
Caffeine
Feeding
Dieta
Comportamento Alimentar
Feeding Behavior
Questionários
Questionnaires
Idioma Português
Financiador Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Data de publicação 2011-06-29
Publicado em SILVA, Fernanda Ribeiro Pinheiro da. Efeitos do consumo de cafeína na avaliação subjetiva da qualidade do sono em adolescentes. 2011. 57 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2011.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 57 f.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9417

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publico-12619.pdf
Tamanho: 1.946MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta