Doença de Parkinson: Papel da neuroimagem molecular do transportador de dopamina nos casos de dúvida diagnóstica

Doença de Parkinson: Papel da neuroimagem molecular do transportador de dopamina nos casos de dúvida diagnóstica

Título alternativo Parkinson´s disease: The role of dopamine transporter molecular imaging in clinically unclear cases
Autor Felício, André Carvalho Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Ferraz, Henrique Ballalai Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Introdução: Desde o século XIX até hoje o diagnóstico in vivo da Doença de Parkinson (DP) baseia-se exclusivamente em critérios clínicos. Em muitas situações, entretanto, mesmo neurologistas mais experientes podem ter dúvida diagnóstica. Com o advento da neuroimagem molecular, usando radiotraçadores específicos para sítios-alvo do sistema dopaminérgico como o Transportador de Dopamina, do inglês, Dopamine Transporter (DAT), exames de Tomografia Computadorizada por Emissão de Fóton Único, do inglês, SPECT e Tomografia Computadorizada por Emissão de Pósitrons, do inglês, PET tornaram-se ferramentas importantes para auxiliar no diagnóstico da DP. Objetivos: Esta tese foi dividida em quatro estudos cujos objetivos foram: Estudo 1- apresentar o argumento teórico da neuroimagem molecular nos casos de dúvida diagnóstica descrevendo os principais achados com técnicas de SPECT e PET. Estudo 2- avaliar o papel da neuroimagem molecular nos casos de dúvida diagnóstica. Estudo 3- selecionar um grupo de pacientes com parkinsonismo psicogênico e comparar os dados de imagem molecular do DAT com controles saudáveis e indivíduos com DP. Estudo 4- investigar a relação entre DAT e depressão em pacientes portadores de DP e de que maneira isto deve ser levado em consideração em um caso de dúvida diagnóstica. Métodos: Foram realizados exames de SPECT cerebral com o radiotraçador para o DAT [99mTc]-TRODAT-1 na primeira avaliação clínica (dúvida diagnóstica) para determinar quais pacientes tinham ou não disfunção dopaminérgica pré-sináptica (parkinsonismo degenerativo) e em seguida todos os sujeitos foram acompanhados clinicamente quando então foi feito o diagnóstico final (padrão-ouro). Foram utilizados como controles um grupo de pacientes sabidamente portadores de DP e outro de indivíduos saudáveis. A análise estatística incluiu cálculos de sensibilidade, especificidade e valores preditivos do SPECT cerebral quando comparado ao diagnóstico padrão-ouro. Resultados: Estudo 1– Através de uma revisão sistemática da literatura, este estudo reuniu evidências demonstrando que a partir de técnicas de imagem molecular é possível reduzir a incerteza diagnóstica em DP. Estudo 2–A taxa de discordância entre os resultados obtidos pelo SPECT versus diagnóstico clínico tardio foi de 20%. Os valores de sensibilidade e especificidade do teste (DAT scan) foram, respectivamente, 100% e 70%. Estudo 3– Nesta série de pacientes com parkinsonismo psicogênico dois entre os cinco casos avaliados tinham densidades de DAT no putamen abaixo do cut-off (≤0.70) para controles sugerindo parkinsonismo degenerativo. Estudo 4–a densidade do DAT foi maior em pacientes com DP e depressão, sugerindo que o DAT pode estar implicado na fisiopatologia deste transtorno neuropsiquiátrico. Conclusões: Esta tese demonstra o papel importante da neuroimagem molecular, em particular, do DAT, nos casos de dúvida diagnóstica. Além disto, através destas técnicas é possível compreender diferentes mecanismos fisiopatológicos relacionados à DP, à parkinsonismos não-degenerativos e à condições psiquiátricas associadas.
Assunto Dúvida diagnóstica
Parkinsonismo
Tomografia computadorizada por emissão de fóton único
Transportador de dopamina
Tratamento
Doença de Parkinson
Idioma Português
Data 2011-04-27
Publicado em FELÍCIO, André Carvalho. Doença de Parkinson: Papel da neuroimagem molecular do transportador de dopamina nos casos de dúvida diagnóstica. 2011. Tese (Doutorado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2011.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9342

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: Publico-12709a.pdf
Tamanho: 1.198Mb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir
Nome: Publico-12709b.pdf
Tamanho: 1.773Mb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir
Nome: Publico-12709C.pdf
Tamanho: 1.367Mb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir
Nome: Publico-12709d.pdf
Tamanho: 1.667Mb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir
Nome: Publico-12709e.pdf
Tamanho: 1.993Mb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir
Nome: Publico-12709f.pdf
Tamanho: 1.480Mb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir
Nome: Publico-12709f1.pdf
Tamanho: 751.0Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir
Nome: Publico-12709g.pdf
Tamanho: 1.863Mb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir
Nome: Publico-12709h.pdf
Tamanho: 1.120Mb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta