Diferentes potências da terapia a laser de baixa intensidade no reparo tendíneo, em ratos

Diferentes potências da terapia a laser de baixa intensidade no reparo tendíneo, em ratos

Título alternativo Influence of different output power of low-level laser therapy in the tendon repair, in rats
Autor Neves, Marco Aurelio Invaldi Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Hochman, Bernardo Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Cirurgia Translacional - São Paulo
Resumo Introduction: Calcaneous tendon is one of the most damaged tendons, and its healing may last from weeks to months to be completed. In the search after speeding tendon repair, low intensity laser therapy has shown favorable effect. Objective: To assess the effect of 40, 60, 80 and 100mW powers of low level laser on the process of tissue repair in partial lesion calcaneous tendon in rats. Methods: The was used 830-nm GaAlAs diode laser operating at output powers of 40, 60, 80 and 100 mW and energy density of 30 J/cm2 on the repair of partial calcaneal tendon ruptures in rats. A partial tendon rupture was induced in all animals, which were treated with laser irradiation for 5 consecutive days. Six days after injury, the injured tendons were removed and examined by polarized light microscopy. Results: Collagen fiber organization was evaluated by birefringence measurements, and collagen content was determined by picrosirius red staining. It was observed that the higher the output power (60-100 mW) the greater was the amount of type III collagen (P < 0.01). The amount of type I collagen was significantly greater (P = 0.05) in the 80-mW group than in the control group (sham stimulation). A non-statistically significant improvement in the realignment of collagen fibers was observed in the irradiated groups. Conclusion: Low-level laser therapy resulted in significantly greater amounts of type III collagen (output powers of 60 mW or more) and type I collagen (output power of 80 mW), however, no significant differences between groups were found in the realignment of collagen fibers.

Introdução: O tendão calcâneo é um dos tendões mais lesados e a sua cicatrização total pode levar semanas, ou até meses. Na busca de acelerar o reparo tendíneo, a terapia a laser de baixa intensidade (TLBI), vem demonstrando efeitos satisfatórios. Objetivo: Avaliar a ação das diferentes potências da terapia a laser de baixa intensidade no reparo tendíneo, em ratos. Métodos: O laser utilizado foi (AsGaAl) 830nm, densidade de energia 30J/cm2 e potências de 40mW, 60mW, 80mW e 100mW, por um período de 5 dias consecutivos para todos os grupos. Todos os animais foram submetidos à lesão parcial do tendão calcâneo. No 6º dia após lesão, os tendões foram retirados e analisados por microscópio de polarização. Foi mensurada a organização das fibras de colágeno por meio da análise de birrefringência e verificada a predominância do tipo de colágeno no tendão calcâneo através da análise de picrosirius. Resultados: Os grupos tratados com TLBI mostraram uma melhora significante no realinhamento das fibras de colágeno, mas não apresentaram diferença significante entre si (p=0,139). Quanto à avaliação da quantidade de colágeno tipo III, foi observado que houve um aumento do percentual de colágeno, conforme o aumento da potência do laser (60 a 100mW) (p<0,01). Em relação ao colágeno tipo I, o grupo 80mW apresentou maior quantidade do que o grupo sham (p=0,05). Conclusão: A terapia a laser de baixa intensidade não apresentou diferença no realinhamento das fibras de colágenos entre diferentes potências. Potências a partir de 60mW aumentaram a quantidade de colágeno tipo III. Potência de 80mW aumentou a quantidade de colágeno tipo I e III.
Palavra-chave Birrefringência
Colágeno
Tendão do calcâneo
Terapia a laser
Terapia a laser de baixa potência
Birefringence
Collagen
Achilles tendon
Laser therapy
Laser therapy, low-level
Idioma Português
Data de publicação 2009-09-30
Publicado em NEVES, Marco Aurelio Invaldi. Diferentes potências da terapia a laser de baixa intensidade no reparo tendíneo, em ratos. 2009. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2009.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 107 p.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9331

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publico-325.pdf
Tamanho: 1.517MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta