Detecção de antígeno circulante nas candidemias: diagnóstico de candidemia em pacientes de UTI pela detecção da molécula de 65 kDa de Candida albicans através da técnica de ELISA de inibição

Detecção de antígeno circulante nas candidemias: diagnóstico de candidemia em pacientes de UTI pela detecção da molécula de 65 kDa de Candida albicans através da técnica de ELISA de inibição

Título alternativo Detection of circulating antigen in candidemias: diagnostic of candidemia in patients from Unit Care Treatment by the detection of 65 kDa molecule from Candida albicans by inhibition ELISA technique
Autor Berzaghi, Rodrigo Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Camargo, Zoilo Pires de Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Microbiologia e imunologia - São Paulo
Resumo Nosocomial candidiasis is a major concern in tertiary care hospitals worldwide. This infection generally occurs in patients with degenerative and neoplastic diseases and is considered the fourth most frequent cause of bloodstream infections. Diagnosis of candidemia or hematogenous candidiasis has been problematic because clinical signs and symptoms are nonspecific, leading to delays in diagnosis and, consequently, in appropriate antifungal therapy. We developed an inhibition ELISA for detection of a 65 kDa-antigen in an experimental model of candidemia and for diagnosis of patients in ICUs with suspected candidemia. An anti-65 kDa monoclonal antibody was tested for detection of the 65 kDa antigen produced by C. albicans, C. tropicalis, and C. parapsilosis in murine candidemia models. The 65 kDa-antigen was detected in sera at concentrations ranging from 0.012 to 3.25 μg/ml. A total of 20 human patients with candidemia were then evaluated with the inhibition ELISA using sequential sera. Sixteen (80%) patients had the 65 kDa-antigen in concentrations ranging from 0.07 to 5.0 μg/ml. Sequential sera from patients with candidemia presented 3 different patterns of antigenemia of the 65 kDa molecule; 1- total clearance of antigenemia; 2-initial clearance and relapse of antigenemia; and 3- partial clearance of antigenemia. Our results indicate detection of the 65 kDa protein may be a valuable tool in the diagnosis of candidemia by C. albicans, C. tropicalis, and C. parapsilosis. We also evaluated a possible biological role of the molecule of 65 kDa from C. albicans. The tests showed that the protein of 65 kDa is bound to fibronectin from extracellular matrix, and a possible role of the adhesion of the fungus in the host.

A candidíase nosocomial é grande preocupação em hospitais terciários em todo o mundo. A infecção ocorre geralmente em pacientes com doenças neoplásicas e degenerativas e é considerada a quarta causa mais freqüente de infecções sangüíneas. O diagnóstico da candidemia ou candidíase hematogênica tem sido problemático porque os sinais e sintomas clínicos são inespecíficos, o que conduz a atrasos no diagnóstico e, conseqüentemente, na terapia antifúngica apropriada. Desenvolvemos a técnica de ELISA de inibição para a detecção do antígeno de 65 kDa em modelo experimental de candidemia e para o diagnóstico de pacientes em UTI com suspeita de candidemia. Anticorpo monoclonal anti-65 kDa foi produzido e testado para a detecção do antígeno comum de 65 kDa produzido por C. albicans, C. tropicalis, C. parapsilosis em modelos murinos candidemia. No modelo experimental o antígeno de 65 kDa foi detectado no soro do camundongos em concentrações variando de 0,012 a 3,25 μg / ml. Vinte pacientes com candidemia foram avaliados pelo teste de ELISA de inibição em soros seqüenciais. Dezesseis (80%) pacientes apresentavam o antígeno de 65 kDa em concentrações variando de 0,07 a 5,0 μg/ml. Os soros sequenciais de pacientes com candidemia apresentaram 3 diferentes padrões de antigenemia; 1 – clareamento total da antigenemia; 2-clareamento inicial e recidiva da antigenemia; e 3 – clareamento parcial da antigenemia. Nossos resultados indicam que a detecção da molécula de 65 kDa pode ser muito útil para o diagnóstico de candidemia por C. albicans, C. tropicalis e C. parapsilosis. Avaliamos também um possível papel biológico da molécula de 65 kDa. Os ensaios demonstraram que a proteína de 65 kDa tem ligantes de fibronectina de matriz extracelular, tendo um possível papel da adesão do fungo no hospedeiro.
Assunto Detecção de antígenos
65 kDa
ELISA de inibição
Candidemia
Ensaio de imunoadsorção enzimática
Candidíase
Idioma Português
Financiador Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
Data 2009-08-26
Publicado em BERZAGHI, Rodrigo. Detecção de antígeno circulante nas candidemias: diagnóstico de candidemia em pacientes de UTI pela detecção da molécula de 65 kDa de Candida albicans através da técnica de ELISA de inibição. 2009. 124 f. Tese (Doutorado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2009.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 124 f.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9320

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: Publico-177.pdf
Tamanho: 1.751Mb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)