Custo-utilidade da mamoplastia redutora pelo Sistema Único de Saúde

Custo-utilidade da mamoplastia redutora pelo Sistema Único de Saúde

Título alternativo Cost-utility of reduction mammaplasty in the Brazilian national health care system
Autor Araújo, Carlos Delano Mundim Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Veiga, Daniela Francescato Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Introduction: Economic evaluation is important for decision making regarding resource allocation. There are few cost-utility or cost-effectiveness and breast hypertrophy studies. Objective: to determine the cost-utility ratio in reduction mammaplasty in Brazilian national health care system (Sistema Único de Saúde). Methods: controlled, interventional, prospective, analytical, primary study with randomization in human beings. From July 2008 to February 2009, in the Hospital das Clínicas Samuel Libânio (HSCL) (Plastic Surgery ambulatory) of the Vale do Sapucaí (UNIVÁS) University, were selected 60 patients with breast hypertrophy. The groups were randomly divided into control group: 30 patients followed for six months and study group: 30 patients undergoing reduction mammaplasty. Direct costs were obtained from medical records. The utility was evaluated through the Short Form Health Survey Instrument 6D (SF-6D). Results: After six months of evaluation, the study group showed improvements in utility at an average cost of direct R{dollar} 391.47. Conclusion: reduction mammaplasty in the Brazilian national health care system provides cost-utility ratio equivalent to R{dollar} 536,26/1QALY.

Introdução: A avaliação econômica é importante para a tomada de decisão quanto à alocação de recursos. Na literatura, há escassos estudos envolvendo custo-efetividade, custo-utilidade e hipertrofia mamária. Objetivo: determinar a razão custo-utilidade do tratamento cirúrgico da hipertrofia mamária no Sistema Único de Saúde. Métodos: Estudo primário, analítico, prospectivo, intervencional, controlado e com randomização, em seres humanos. De julho de 2008 a fevereiro de 2009, no ambulatório de Cirurgia Plástica do Hospital das Clínicas Samuel Libânio (HCSL), da Universidade do Vale do Sapucaí (UNIVÁS), foram selecionadas 60 pacientes com hipertrofia mamária. Foram divididas aleatoriamente em grupo controle: 30 pacientes acompanhadas por seis meses sem realizar a mamoplastia e grupo estudo: 30 pacientes submetidas à mamoplastia redutora. Custos diretos foram obtidos do prontuário médico. A utility foi obtida pelo Short Form Health Survey Instrument-6D (SF-6D) na consulta inicial e após três e seis meses. Resultado: após seis meses de avaliação, o grupo estudo apresentou melhora da utility a um custo médio direto de R{dollar}391,47 por procedimento. Conclusão: A mamoplastia redutora pelo Sistema Único de Saúde apresenta uma razão custo-utilidade equivalente a R{dollar}536,26/1QALY.
Palavra-chave Custo-efetividade
Mamoplastia
Qualidade de vida
Anos de vida ajustados por qualidade de vida
Idioma Português
Data de publicação 2010-08-25
Publicado em ARAÚJO, Carlos Delano Mundim. Custo-utilidade da mamoplastia redutora pelo Sistema Único de Saúde. 2010. Tese (Doutorado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2010.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 174 p.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9290

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publico-340.pdf
Tamanho: 2.032MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta