Custo Direto Médico-Hospitalar da recaída em esquizofrenia em três serviços na cidade de São Paulo no ano de 2006

Custo Direto Médico-Hospitalar da recaída em esquizofrenia em três serviços na cidade de São Paulo no ano de 2006

Título alternativo Direct Medical Costs Associated with Schizophrenia Relapses in Three Healthcare Services in the city of São Paulo in 2006
Autor Daltio, Claudiane Salles Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Mari, Jair de Jesus Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Aims: Significant cost is associated with schizophrenia and relapses are one significant cost element. Objective: Assess the direct medical costs associated with schizophrenia relapses at three mental health services in the city of São Paulo: a public state hospital (HP); a hospital affiliated with the Brazilian Unified Healthcare System -SUS (HCC); a Community Psychosocial Service Center (CAPS). Methods: We reviewed the charts of 90 patients with schizophrenia who had been i n services in 2006. We evaluated the r esources used dur ing the time these patients were in services. Results: The Mean Direct Medical Cost of schizophrenia relapses was, per patient, R{dollar} 8.167,58 i n HP; R{dollar} 4.605,46 at the CAPS and R{dollar} 2.397,74 in HCC ( R{dollar} 2 / 1 US{dollar}). The most significant component in all cases was the daily rate. The cost of medication differed depending on whether typical or atypical antipsychotics were used. CAPS making more use of atypical drugs. Conclusion: The costs associated with schizophrenia relapses justify investments in antipsychotic drugs and strategies to reduce the need for mental health services, especially hospitals. The cost associated with treating patients in a CAPS is intermediate and has the added benefit of not depriving patients from their family life.

A esquizofrenia apresenta elevado custo de doença e a recaída é um dos seus aspectos mais importantes. OBJETIVO: Avaliar o Custo Direto Médico- Hospitalar da recaída em esquizofrenia, em três diferentes serviços de admissão em saúde mental na cidade de São Paulo utilizados por pacientes quando da reagudização da doença: a) um hospital público estadual (HP); b) um hospital contratado conveniado com o SUS (HCC); e c) um Centro de Atenção Psicossocial (CAPS). METODOLOGIA: Foram revisados 90 prontuários de pacientes portadores de esquizofrenia atendidos durante o ano de 2006 em internação hospitalar ou atendimento intensivo no CAPS. Foram levantados e valorados os recursos utilizados durante a permanência nos serviços: medicação, exames e diárias – onde foram incluídos os custos com recursos humanos. RESULTADOS: o Custo Direto Médico-Hospitalar médio da recaída em esquizofrenia, por paciente foi de R{dollar} 8.167,58 no HP; R{dollar} 4.605,46 no CAPS e de R{dollar} 2.397,74 no HCC sendo o principal componente, o custo com diárias, a maior delas no HP. O custo com medicação diferiu quanto à utilização de antipsicóticos típicos ou atípicos, sendo os típicos mais utilizados no HCC e os atípicos no CAPS. Nos três serviços poucos exames complementares foram realizados. CONCLUSÃO: O investimento em medicações antipsicóticas e em estratégias que diminuam a recaída e a necessidade de diárias nos serviços, especialmente hospitalares, são justificáveis pela proporção dos custos que estas representam. O maior custo ocorreu no HP e o menor custo no HCC. Tratar a recaída no CAPS apresentou um custo intermediário com o benefício de não privar o paciente do convívio familiar, usando medicação com menor potencial de efeitos adversos e com impacto positivo na qualidade de vida dos pacientes.
Palavra-chave Cost of disease
Custo de doença
Custo direto médico-hospitalar
Direct medical costs
Recaída
Relapse
Esquizofrenia
Schizophrenia
Idioma Português
Data de publicação 2009-11-26
Publicado em DALTIO, Claudiane Salles. Custo Direto Médico-Hospitalar da recaída em esquizofrenia em três serviços na cidade de São Paulo no ano de 2006. 2009. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2009.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 76 p.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9289

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publico-00246.pdf
Tamanho: 665.6KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta