Correlação entre depressão, qualidade de vida e dor em pacientes com câncer

Correlação entre depressão, qualidade de vida e dor em pacientes com câncer

Título alternativo Correlation between depression, quality of life and pain in cancer patients
Autor Nosralla, Marisa Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Gerola, Luís Roberto Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Enfermagem - São Paulo
Resumo Background and Objectives: Cancer pain promotes mood changes and influences the patient’s quality of life. There might be similarities in some emotional manifestations of the disease and the side effects of the treatments, making the adequate evaluation very important. The objective of this study was to assess the correlation between depression, quality of life, and pain in cancer patients. Method: A prospective, open, non comparative study, was done in 50 patients, ≥ 18 with cancer and pain. Data on sociodemographic, history, personal antecedents, and information about the tumor were collected. There was also assessed about the pain intensity on a numerical scale (0 – 10), depression (Beck Depression Inventory) and quality of life (FACIT–SP–12). The results were submitted to statistical analyses and Spearman’s was used to assess the correlation between the measurements. Results: The average age was 54.6 ± 16.8, being 40% male and 60% female. The family relationship was considered good by 98% and bad by 2%; social relationship was considered good by 88% and bad by 12%. The residence care was done by the family (84%), social net (12%), and 6% did not have any. The intensity was mild (1-4) in 16%, moderate (5 e 6) in 20% and strong (7-10) in 64%. In 26% was found depression following the cutoff grade of ≥21. Quality of life was considered excellent by 8%, good by 14%, bad by 22% and very bad by 6% of the patients. The intensity of the pain was directly related to the degree of depression and contrarily to the quality of life. Conclusion: As the results of the study one can conclude that cancer pain is associated to depression and worsening in the quality of life.

Justificativa e Objetivos: A dor de câncer provoca alterações no humor e prejudica a qualidade de vida dos pacientes. Pode haver semelhança entre algumas manifestações emocionais da doença e os efeitos colaterais dos tratamentos, sendo importante a avaliação de forma adequada. O objetivo deste estudo foi avaliar a correlação entre depressão e qualidade de vida em pacientes com câncer e dor. Método: Foi feito estudo prospectivo, aberto, não comparativo de 50 pacientes, ≥ 18 anos com câncer e dor .Foram coletados dados sociodemográficos, história, antecedentes pessoais e informação sobre o tumor. Foram avaliados: intensidade da dor pela Escala numérica (0 – 10), depressão ( Inventário de depressão de Beck ) e qualidade de vida ( FACIT – SP – 12 ). Utilizou – se a correlação de Spearman para avaliar a relação entre as medidas. Resultados: A média de idade foi de 54,6±16,8 anos, sendo 40% do sexo masculino e 60% do feminino. O relacionamento familiar foi considerado bom por 98% e ruim por 2%; o relacionamento social foi considerado bom por 88% e ruim por 12%. Os cuidadores foram familiares (84%), rede social (12%), sendo que 6% não tinham. A intensidade foi leve (1-4) em 16%, moderada (5 e 6) para 20% e intensa (7-10) para 64%. Foi encontrada depressão em 26%, seguindo a nota de corte de ≥21. A qualidade de vida foi considerada ótima para 16%, boa para 28%, ruim para 44% e péssima para 12% dos pacientes. A intensidade da dor foi correlacionada diretamente com grau de depressão e inversamente com a qualidade de vida. Conclusão: A dor do câncer está associada a depressão e a piora da qualidade de vida.
Palavra-chave Depressão
Dor
Qualidade de vida
Depression
Pain
Quality of life
Cancer
Câncer
Neoplasias
Neoplasms
Idioma Português
Data de publicação 2010-05-26
Publicado em NOSRALLA, Marisa. Correlação entre depressão, qualidade de vida e dor em pacientes com câncer. 2010. 83 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2010.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 83 f.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9272

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publico-149.pdf
Tamanho: 404.1KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta