Confiabilidade e validade da versão curta da escala de depressão geriátrica (EDG-15) em população clínica com doença arterial coronária

Confiabilidade e validade da versão curta da escala de depressão geriátrica (EDG-15) em população clínica com doença arterial coronária

Título alternativo Reliability and validity of the short form of the Geriatric Depression Scale (GDS-15) in a clinical population with Arterial Coronary Disease
Autor Pinho, Miriam Ximenes Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Carvalho, Antonio Carlos Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Medicina (cardiologia) – São Paulo
Resumo Background. Depression is highly prevalent among patients with Coronary Artery Disease (CAD). The Geriatric Depression Scale (GDS) is a screening instrument widely used to detect depression in the elderly. In Brazil, the psychometric properties of the short version of the scale are not yet fully exploited. Objectives. To examine the psychometric properties of the short version of the GDS among elderly outpatients with CAD. Methods. A cross-sectional study examined 209 elderly outpatients (≥ 65 years) with CAD using the GDS-15, CIRS, BOMFAQ and CAMDEX. Reliability of the GDS-15 was calculated using KR20 coefficient. A factor analysis of this scale was conducted. The GDS-15 score was compared with the diagnosis of depression (DSM-IV) to test its criterion validity. To assess the concurrent validity, GDS-15 score was correlated with the score of CAMDEX Depression Scale, MMSE, CAMCOG and BOMFAQ. Results. Clinical depression was diagnosed in 35.71% of the sample evaluated according to the DSM-IV. The cutoff point 5/6 produced a moderate accuracy (AUROC=0.84), a sensitivity of 79.92% and a specificity of 78.29% for the diagnosis of major depression or dysthymia. Internal consistency was 0.80. In factor analysis, a three-factor solution explained 52.72% of the total variance. GDS-15 scores correlated with CAMDEX Depression Scale scores. Conclusions. In general, GDS-15 produced good reliability and validity (concurrent and criterion-related) criteria. In cardiologic settings its use may be helpful in screening for depression in a simple and quick way.

Fundamento. A prevalência de depressão em portadores de doença isquêmica do coração (DIC) é al ta. A Escala de Depressão Geriátrica (EDG) é um instrumento amplamente usado para rastrear depressão em idosos. No Brasil, as propriedades psicométricas da versão curta ainda não foram completamente exploradas. Objetivos. Avaliar as propriedades psicométricas da versão curta da Escala de Depressão Geriátrica (EDG-15) em portadores de DAC em ambulatório de cardiologia. Métodos. Estudo t ransversal que aval iou 209 idosos com DAC. A EDG- 15, CIRS, BOMFAQ e CAMDEX foram ut i l izadas. A consistência interna da EDG-15 foi calculada pelo KR-20. Uma análise fatorial desta escala foi conduzida. Para a validade de critérios, escores da EDG-15 foram comparados com os diagnósticos de depressão (DSM-IV). Na análise de validade concorrente, os mesmos escores foram correlacionados com os das escalas de depressão CAMDEX, MEEM, CAMCOG e BOMFAQ. Resul tados. Depressão cl ínica foi diagnost icada em 35,71 por cento da amost ra aval iada de acordo com o DSM-IV. Para o diagnóst ico de depressão maior ou dist imia, o ponto de corte 5/6 apresentou acurácia moderada (AUROC=0,84), sensibilidade de 79,92 por cento e especificidade de 78,29 por cento. A consistência interna foi de 0,80. Na análise fatorial, três fatores obtidos explicaram 52,72 por cento da variância total observada. Os escores da EDG-15 correlacionaram-se com os da escala de depressão CAMDEX. Conclusões. No geral, a EDG-15 apresentou boa confiabilidade e validade (concorrente e de critério). Em ambientes cardiológicos seu uso pode auxiliar norastreamento de quadros depressivos de forma simples e rápida simples e rápida.
Palavra-chave Depressão
Doença arterial coronária
Escala de depressão geriátrica
EDG-15
Idoso
Depression
Coronary artery disease
Geriatric depression scale
GDS-15
Aged
Idioma Português
Data de publicação 2009-04-29
Publicado em PINHO, Miriam Ximenes. Confiabilidade e validade da versão curta da escala de depressão geriátrica (EDG-15) em população clínica com doença arterial coronária. 2009. 84 f. Dissertação (Mestrado em Ciências) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, 2009.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 84 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9245

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta