Condições de efetividade de creches públicas e filantrópicas – avaliação de um programa de educação e saúde para educadores

Condições de efetividade de creches públicas e filantrópicas – avaliação de um programa de educação e saúde para educadores

Título alternativo Effectiveness conditions of public and philanthropic child day care centers - evaluation of a health and education program to educators
Autor Konstantyner, Tulio Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Taddei, Jose Augusto de Aguiar Carrazedo Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Objective: To test the impact of training for educators on the health of children enrolled in public and philanthropic day-care nurseries. Methods: A randomised, institutional, non-blind clinical trial was conducted involving 252 children from eight day-care centres in a sub-district of the city of Sao Paulo, Brazil. An educational intervention was performed in four day-care centres. Interviews with the mothers, collection of blood from the children by digital puncture and anthropometry were performed. The monitoring period was seven months. The chosen indicator for the improvement of health was anemia (haemoglobin less than 11g/dl). An unconditional logistic regression model was set for risk factors for anemia, considering associations with p ≤ 0.05 as statistically significant. The Epi InfoTM 2000 and Stata 10.0 software packages were utilised. Results: The children from the day-care centres that were not subject to intervention presented a risk 2.11 times greater (CI: 1.04 to 4.30; p=0.040) of having anemia at the end of the study independent of the control variables (sex, age, time in the day-care centre, anemia at the beginning of the study, maternal age, use of oral iron supplements, number of siblings, per capita family income, use of antibiotics and the necessity for avoidable hospitalisations) utilised in the construction of the final logistical model. Conclusions: The assessed educational intervention promoted significant changes in the health status of the children, reinforcing the importance of training for professionals who care for young children in day-care centres in developing countries in order to promote child health.

Introdução: a creche é considerada um espaço privilegiado para a execução de programas de prevenção e controle da morbimortalidade infantil em países em desenvolvimento. As iniciativas de promoção de saúde no âmbito escolar apontam a importância da formação adequada de professores para a efetiva promoção da saúde infantil. Dentre as morbidades mais prevalentes na infância, destaca-se a anemia pela característica multifatorial de determinação e pelo potencial de acarretar seqüelas neurológicas irreversíveis. Objetivo: identificar e quantificar os fatores de risco isolados e agregados de anemia e testar o impacto de um treinamento para educadores na saúde de crianças atendidas em berçários de creches públicas e filantrópicas. Métodos: inicialmente, foi realizado um estudo transversal com 482 crianças, entre quatro e 29 meses de idade, freqüentadoras de 13 creches do município de São Paulo, que participaram do Projeto CechEficiente I (2004) e fase inicial do Projeto CrechEficiente II (2007) para a pesquisa de fatores de risco isolados e agregados de anemia. Posteriormente, foi delineado um ensaio clínico institucional randomizado e controlado (Projeto CrechEficiente II) com 252 crianças de berçários de oito creches públicas e filantrópicas de um subdistrito da cidade de São Paulo, Brasil. Uma intervenção educacional foi realizada para educadoras das quatro creches sorteadas entre as oito participantes. Foram realizadas entrevistas com as mães, coleta de sangue por punção digital e antropometria. O período de acompanhamento foi de sete meses. O indicador de melhora do estado de saúde eleito foi a anemia (hemoglobina <11g/dL). Foram ajustados modelos de regressão logística não condicional para fatores de risco de anemia, considerando-se estatisticamente significativas associações com p≤ 0,05. Resultados: no delineamento transversal, a análise múltipla identificou a idade materna inferior a 28 anos (OR=1,50; p=0,041), a renda per capita inferior a meio salário mínimo (OR=1,56; p=0,029), o uso do aleitamento materno exclusivo inferior a 2 meses (OR=1,71; p=0,009), a redução do escore Z peso/idade do nascimento ao inquérito (OR=1,47; p=0,050) e a idade inferior a 17 meses (OR=2,44; p<0,001) como fatores de risco independentes de anemia. As probabilidades de anemia apresentaram-se entre 54,5 e 100% para subgrupos de crianças com diferentes combinações dos fatores de risco identificados. No ensaio clínico institucional, as crianças das creches não submetidas à intervenção apresentaram um risco 2,11 vezes maior (IC: 1,04 a 4,30; p=0,040) de estarem com anemia no fim do estudo independente das variáveis de controle (sexo, idade, tempo de freqüencia na creche, anemia no início do estudo, idade materna, uso de ferro oral, número de irmãos, renda familiar per capita, uso de antibiótico e necessidade de internação evitável) utilizadas na construção do modelo logístico final. Conclusões: a probabilidade de anemia aumentou quanto mais agregados estiveram os cinco fatores de risco identificados no estudo transversal e a intervenção educacional testada promoveu mudanças significativas no estado de saúde das crianças, reforçando a importância da análise conjunta dos fatores de risco de anemia e do treinamento de profissionais que cuidam de crianças pequenas em creches de países em desenvolvimento para a promoção da saúde infantil.
Palavra-chave Anemia
Creches
Educação em saúde
Efetividade
Fatores de risco
Anemia
Child day care centers
Health education
Risk factors
Anemia
Promoção da saúde
Health promotion
Idioma Português
Data de publicação 2009-10-28
Publicado em KONSTANTYNER, Tulio. Condições de efetividade de creches públicas e filantrópicas – avaliação de um programa de educação e saúde para educadores. 2009. Tese (Doutorado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2009.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Formato 98 p.
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9243

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta