Composição química de preparações culinárias salgadas destinadas a crianças menores de 18 meses de idade

Composição química de preparações culinárias salgadas destinadas a crianças menores de 18 meses de idade

Título alternativo Chemical com position of savory m eals for children below 18 months old
Autor Ribeiro, Pérola Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Morais, Tania Beninga de Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo The weaning processis a period of transition, when foods other than breast milk are added to the diet. However, weaning is realized in inappropriate manner. Complementary foods presenting low contents ofenergy,protein,fatand iron,and high levels of sodium. The aim of this study was to evaluate the nutritional composition ofhome-prepared meals (HM)forchildren of7 to 18 months old with respectto energy,protein,fat, carbohydrates, dietary fiber, iron and sodium. The results ofthe chemical analyses were compared with the composition of commercial babyfood sand with guidelines for commercial baby foods. The children’s weight-for-age,length-for-age and weight-for-length indexes were assessed in relation to the current international growth reference. Hemoglobin concentration was measured using HemoCue-ω-Hemoglobin-Photometersystem. Sixty children,separated up in 7 to12 monthsand 12 to18 months were selected familiesregistered in afield training primary care health center of the FederalUniversity of São Paulo, located in the Jardim Santo Eduardo neighborhood,city of Embu,in the Metropolitan area of São Paulo. Twenty-five samples of commercial meals (CM)were purchased in grocery stores in São Paulo. Fourtypes ofmeals were found:Type 1: rice,bean and meat; Type 2: rice,bean and vegetables;Type 3: soup made ofvegetables,pasta and sausage;Type 4: vegetable soup. According to the type,home-made had similaror highervalues forprotein,dietary fiberand carbohydrates. HM3 and HM4 presented lowervaluesforproteinandcarbohydrates,respectively. Fatcontentswerelowerfor a types ofHM,while sodium contents were higher. Regarding the iron contents,a typesofHM andCMhadlowervalues.EnergydensitycontentswerehigherinHM1 and HM2 and lowerin HM 3 and HM4. The proportion ofHM and CM thatdid not comply with the guidelines showed thata samples ofHM3 and HM4 had energy densitylowerthanthere commendedvalue.Forprotein,37% and30% ofsamplesof HM3andCM2,respectively,hadvalues lower than there commended. A samplesof CM had fatvalues higherthan the recommended. A samples,both HM and CM, presented iron values lowerthan the recommended. A samples ofHM had sodium values higherthan the recommended. Nutritionalstatus’children was adequate by weight-for-age and weight-for-length indexes, however, 10% of children was classified with growth failure by length-for-age index. Sixty percentofthe children were anemic (Hb<11.0g/dL), from these, 11,7% had hemoglobin concentration below 9.5g/dL. Commercialmeals had higher energy density than home made meals, however, macronutrients distribution were inadequate. Moreover, commercialmeals had low sodium and iron contents. Home made meals, apart from low energy density,had low iron and high sodium contents.

A alimentação de transição é um período,no qualo lactente vaise acostumando gradativamente com outros alimentos além do leite materno, no entanto, muitas vezes essa transição é realizada de maneira imprópria. O valor nutricionaldos alimentos de transição preparados no domicílio é, freqüentemente, inadequado, tendo-se observado valores baixos de energia,proteína e micronutrientes e altas concentrações de sódio. No intuito de assegurar uma infância saudávele evitar futuras doenças cardiovasculares tem sido enfatizada a necessidade de adotar-se programas preventivos de saúde o mais precocemente possível, visto que os indivíduos mais jovens ainda estão com os hábitos em formação,o que auxilia na adesão às modificaçõespropostasnosentidodemanterum estilo de vida saudável. Tendoem vista estas questões,o objetivo deste trabalho foi determinaracomposição química,em laboratório,de proteínas,lipídios,fibra,carboidratos,ferro,sódio e energia de refeições caseiras (RC) salgadas e compara-las com os similares industrializados. Também avaliou-se os índices antropométricos e da concentração de hemoglobina das crianças. Sessenta crianças, divididas em 2 faixas etárias (menores e maiores de 12 meses)atendidas na UBS Jd. Sto. Eduardo,Embu/SP, foram selecionadas para coleta da refeição caseira em domicílio. Vinte e cinco amostras de refeições industrializadas (RI)foram adquiridas em estabelecimentos comerciais da cidade de São Paulo. Segundo os ingredientes utilizados na preparação,as refeições podem serclassificadas em 4 tipos:Tipo 1: Arroz,feijão e carnebovina;Tipo 2: Arroz,feijãoevegetais;Tipo 3: Sopa de vegetaiscom salsicha emacarrãoe Tipo 4: Sopadevegetais. De acordo com o tipo de refeição, as RC têm valores similares ou superiores de proteína, fibra dietética e carboidratos,quando comparadas com as RI. As RC3 e RC4 apresentaram teores inferiores de proteína e carboidratos,respectivamente. O conteúdo de lipídios em todos os tipos de RC foi menorque as RI,enquanto sódio foisuperioràs RI. Todas as refeições apresentaram quantidadesmuitopequenasdeferro. A densidadeenergéticafoisuperiornasRC1e RC2 e inferior nas RC3 e RC4. A proporção de inadequação das RC e RIcom os padrõesdemonstraquetodasasamostrasdeRC3eRC4tem densidadeenergética menorque o recomendado. Para proteína, 37% de RC3 e 30% de RI2 apresentam valores inferioresao recomendado. Todas as amostras de RI apresentaram conteúdo de lipídios superior ao proposto. Todas as amostras tanto de RC quanto de RI apresentaram teores de ferro menores que o recomendado. Todasasamostrasde RC tiveram conteúdo de sódio superiorao valorrecomendado. O estado nutricionaldas crianças mostrou-se adequado quando avaliado pelos índices peso/estatura e peso/idade, no entanto, uma porcentagem expressiva de crianças com déficit nutricional, pelo índice estatura/idade. Sessenta por cento das crianças apresentaram anemia (Hb<11,0g/dL),sendo que 11,7% (7/60)eram de casos de maiorgravidade (Hb<9,5g/dL). Conclui-se que os alimentos da família,da forma como estavam sendo preparados, com baixo conteúdo energético e de ferro e elevados teores de sódio, não eram adequados para as crianças. As refeições industrializadas apresentam maiordensidade energética que as refeições caseiras, entretanto, a distribuição de macronutrientes é inadequada. Além disso, elas apresentam baixos teores de sódio e ferro. Já as refeições caseiras,além da baixa densidadeenergética apresenta teores reduzidos de ferro eelevadosdesódio.
Palavra-chave Alimentos infantis
Análise de alimentos
Nutrição infantil
Transtornos da nutrição do lactente
Idioma Português
Data de publicação 2006-12-31
Publicado em RIBEIRO, Pérola. Composição química de preparações culinárias salgadas destinadas a crianças menores de 18 meses de idade. 2006. Tese (Doutorado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2006.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 135 p.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9234

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publico-0067.pdf
Tamanho: 959.4KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta