Characteristics of physical and sexual violence against children and adolescents attended at Medical-Legal Institute of Maceio

Characteristics of physical and sexual violence against children and adolescents attended at Medical-Legal Institute of Maceio

Título alternativo Características da violência física e sexual contra crianças e adolescentes atendidos no IML de Maceió
Autor Guimarães, João Alfredo Tenório Lins Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Villela, Wilza Vieira Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Context: violence against children and adolescents has historical and cultural origins and consequences which have revealed themselves as public health problems. Purpose: to describe major epidemiological features of physical and sexual violence against children and adolescents undergone to examination in the Medico-Legal Institute of Maceio (MLI/Maceio). Methods: 303 consecutive cases of children and adolescents victims of physical or sexual violence were assessed from September, 2008 to March, 2009. Each victim was interviewed and data were collected concerning violence type, sex, age, marital status, origin, occupation, schooling and economical class, mother’s schooling, aggressor and reporter identification, violence place and reincidence. Data were tabled and analyzed through SPSS© (Microsoft corporation). Results: results showed female predominancy, low schooling and economical status. Aggressors were mostly known people outside the family. Sexual abuse was common among children while physical aggression predominated among adolescents. Victim’s home and public way were the most frequent violence places concerning children and adolescents respectively. Conclusion: data analysis showed that violence against children and adolescents in our survey is concentrated in low economical classes and female children are the most prevalent victims. Further studies must be developed in order to identify whether violence against other social classes and males in fact doesn’t exist or simply doesn’t demand Medical-Legal examination, which contributes to its invisibility. Besides, this study suggests that specific policies on violence prevention must be developed in order to protect female children and adolescents mainly in vulnerable groups.

Contexto: A violência contra crianças e adolescentes é um fenômeno histórico-cultural com desdobramentos que tem se revelado problemas crescentes para a saúde pública. Objetivo: Descrever as principais características epidemiológicas da violência física e sexual contra crianças e adolescentes na população atendida no IML/Maceió. Método: Foram incluídos 303 casos consecutivos de crianças e adolescentes vítimas de violência física e sexual, submetidos a exame de corpo de delito no IML/Maceió no período de setembro/2008 a março/2009. Para estas, foram coletados dados referentes ao tipo de violência, sexo, idade, estado civil, procedência, ocupação, escolaridade e classificação econômica da vítima; escolaridade da mãe; identificação do agressor e do denunciante, local da prática e reincidência da violência. Os dados foram tabulados e analisados por meio do programa SPSS® (Microsoft corporation). Resultados: Os resultados demonstraram predomínio de vítimas do sexo feminino, de cor parda, classificação econômica D, baixa escolaridade da vítima e sua mãe. Os agressores foram, na maioria, pessoas conhecidas fora da família. Predominaram casos de violência sexual entre as crianças e, física entre os adolescentes. A casa da vítima e via pública foram os locais mais comuns para a prática da violência contra crianças e adolescentes respectivamente. Conclusão: A análise dos dados mostrou que a violência contra crianças e adolescentes que chegam ao IML está concentrada nas camadas sociais mais baixas e tem nas meninas e jovens do sexo feminino as principais vítimas. Estudos adicionais devem ser realizados no sentido de identificar se a violência contra crianças e adolescentes nos demais segmentos sociais de fato não existe ou apenas não demanda exames de corpo de delito, o que contribui para sua invisibilidade. Adicionalmente, o estudo mostra que devem ser elaboradas políticas específicas de prevenção da violência no sentido de proteger meninas e adolescentes – sobretudo nos segmentos mais vulneráveis.
Palavra-chave Adolescente
Agressão
Violência
Violência sexual
adolescent
aggression
sexual violence
violence
Criança
child
Idioma Português
Data de publicação 2009-09-30
Publicado em GUIMARÃES, João Alfredo Tenório Lins. Characteristics of physical and sexual violence against children and adolescents attended at Medical-Legal Institute of Maceio. 2009. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2009.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9200

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Retido-251.pdf
Tamanho: 956.3KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta