Caracterização Farmacológica da Inibição Pré-Pulso ("Prepulse Inhibition of Startle") na Linhagem SHR (Spontaneously Hypertensive Rats): Possíveis Implicações para Transtornos Psiquiátricos

Caracterização Farmacológica da Inibição Pré-Pulso ("Prepulse Inhibition of Startle") na Linhagem SHR (Spontaneously Hypertensive Rats): Possíveis Implicações para Transtornos Psiquiátricos

Título alternativo Prepulse Inhibition of Startle in Spontaneously Hypertensive Rats (SHR): Possible Implications to Psychiatric Diseases
Autor Levin, Raquel Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Abílio, Vanessa Costhek Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Deficits in an operational measure of sensorimotor gating - the prepulse inhibition of startle (PPI) - is presented in psychiatric disorders such as schizophrenia, bipolar disorder, and attention deficit/hyperactivity disorder (ADHD). Some previous studies showed that the spontaneously hypertensive rats (SHR), a putative animal model of ADHD, present deficit in PPI. The aim of the present study was to characterize the deficit in PPI presented by SHR. Adult male normotensive Wistar rats and SHR were submitted to the PPI test. First, we established a protocol able to reveal a deficit in SHR. In sequence, we evaluate the effects of the following drugs administered previously to the PPI test: amphetamine (used for ADHD and also a psychotomimmetic drug), MK-801 (another psychotomimmetic drug), haloperidol and clozapine (antipsychotic drugs), metoclopramide (dopamine antagonist without antipsychotic properties) and carbamazepine (a mood stabilizer). The spontaneous deficit presented by SHR was of same magnitude than that induced by amphetamine or MK-801 in control rats. The antipsychotics (but not metoclopramide or carbamazepine) reversed the deficit observed in SHR. These findings suggest that the deficit in PPI presented by SHR could be a useful animal model to study abnormalities in sensorimotor gating related to schizophrenia.

Déficits de funcionamento do filtro sensório-motor, que se refletem em uma diminuição da inibição promovida por um pré-pulso da resposta de sobressalto induzida por pulso ("prepulse inhibition of startle" - PPI), estão associados a diferentes transtornos psiquiátricos. Dentre eles, destacam-se a esquizofrenia, o transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) e o transtorno bipolar do humor. Trabalhos prévios, com resultados variáveis, indicam uma diminuição da resposta de PPI na linhagem SHR, sugerida como modelo animal para o estudo do TDAH. Assim, o objetivo desse estudo foi caracterizar a resposta de PPI na linhagem SHR, comparando-a com a linhagem de ratos normotensos Wistar. Ratos machos, adultos, das linhagens Wistar e SHR foram submetidos ao teste de PPI. Inicialmente, estabelecemos um protocolo capaz de revelar um déficit basal de PPI na linhagem SHR. Em sequência, avaliamos o efeito das seguintes drogas sobre essa resposta: anfetamina (utilizada na terapêutica do TDAH e também um psicotomimético), MK-801 (um outro psicotomimético), haloperidol e clozapina (antipsicóticos), metoclopramida (antagonista dopaminérgico sem atividade antipsicótica) e carbamazepina (um estabilizador do humor). Observamos que o déficit de PPI apresentado espontaneamente pela linhagem SHR é de mesma magnitude daquele induzido pela anfetamina ou pelo MK-801 em animais controle. Esse déficit espontâneo foi revertido pelos antipsicóticos, mas não pela metoclopramida ou pela carbamazepina. Esses resultados sugerem que o déficit de PPI apresentado espontaneamente pela linhagem SHR possa ser utilizado como um modelo para o estudo de prejuízos no funcionamento do filtro sensório-motor associados à esquizofrenia.
Assunto Distúrbios psiquiátricos
Inibição pré-pulso
Modelos animais
Ratos endogâmicos SHR
Esquizofrenia
Psychiatric disturbances
Prepulse Inhibition
Models, animal
Rats, inbred SHR
Idioma Português
Data 2009-04-29
Publicado em LEVIN, Raquel. Caracterização Farmacológica da Inibição Pré-Pulso ("Prepulse Inhibition of Startle") na Linhagem SHR (Spontaneously Hypertensive Rats): Possíveis Implicações para Transtornos Psiquiátricos. 2009. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2009.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 79 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9183

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)