Buscando prevenir a reinternação para preservar-se do sofrimento: a família frente ao processo de recuperação da criança após a alta hospitalar

Buscando prevenir a reinternação para preservar-se do sofrimento: a família frente ao processo de recuperação da criança após a alta hospitalar

Título alternativo TRYING TO PREVENT A REHOSPITALIZATION TO PRESERVE ONESELF FROM SUFFERING: the family in face of the child’s recovery process after hospital discharge
Autor Pinto, Júlia Peres Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Ribeiro, Circéa Amalia Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo The recovery process, concerning the experience lived by the family of the hospitalized, has been the subject of few research projects to date. The present study aimed to understand the meaning that the family attributes to their experience in the recovery process of a child suffering from an acute illness after a hospital discharge and to design a theoretical model about this experience. The Symbolic Interactionism and the Grounded Theory were used as the theoretical and the methodological frameworks, respectively. Data collection was carried out by means of interviews and participant-observation with eleven families. Concepts produced by comparative data analysis revealed two interactive processes. The first of them, Mobilizing oneself to restore the balance of family functioning, depicts family interactions which favor their adaptation after the impact and disarray caused by the child’s hospitalization. The second, Suffering with the possibility of having to rehospitalize the child, expresses the aspects that cause suffering to the family and that compromise family adaptation, jeopardizing restoration of their balance. The Theoretical Model TRYING TO PREVENT THE CHILD’S REHOSPITALIZATION TO PRESERVE FAMILY INTEGRITY, is part of the concepts emerging from data analysis and shows that the effects of illness and hospitalization may continue to be felt in the family functioning and to produce suffering even after the child’s hospital discharge and recovery. This takes place because the family is still shaken and remains alert so as to identify early changes in the child’s health that may point to a relapse and consequent possibility of rehospitalization.

O processo de recuperação representa uma das etapas da doença que vem sendo pouco pesquisada no que diz respeito à experiência vivida pela família da criança que esteve hospitalizada. Os objetivos do estudo foram compreender o significado atribuído pela família à sua vivência no processo de recuperação da criança acometida por doença aguda após a alta hospitalar e elaborar um modelo teórico acerca dessa experiência. Para conduzir a pesquisa foram adotados como referencial teórico o Interacionismo Simbólico e, como referencial metodológico, a Teoria Fundamentada nos Dados. A coleta de dados foi realizada por meio de entrevista e observação participante com onze famílias. A análise comparativa dos dados levou à formulação de conceitos que revelaram dois fenômenos interativos. O primeiro, Mobilizandose para resgatar o equilíbrio de seu funcionamento, retrata as interações familiares que favorecem a sua adaptação, após o impacto e a desorganização causada pela hospitalização da criança. O segundo, Sofrendo com a possibilidade de reinternar a criança, expressa os aspectos que geram sofrimento à família e comprometem a adaptação familiar, colocando em risco a retomada de seu equilíbrio. O Modelo Teórico BUSCANDO PREVENIR A REINTERNAÇÃO DA CRIANÇA PARA PRESERVAR A INTEGRIDADE FAMILIAR integra os conceitos que emergiram da análise de dados e revela que os efeitos da doença e hospitalização podem continuar manifestando-se no funcionamento familiar e gerando sofrimento, mesmo após a alta e a recuperação da criança, já que a família permanece abalada e mantém-se em alerta no sentido de identificar precocemente alterações na condição de saúde da criança que indiquem o agravamento da doença e a possibilidade de uma nova reinternação.
Palavra-chave Child
Convalescence
Convalescença
Criança
Enfermagem
Nursing
Family
Família
Idioma Português
Data de publicação 2010-04-28
Publicado em PINTO, Júlia Peres. Buscando prevenir a reinternação para preservar-se do sofrimento: a família frente ao processo de recuperação da criança após a alta hospitalar. 2010. Tese (Doutorado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2010.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 163 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9154

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Retido-198.pdf
Tamanho: 1.122MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta