Correlação entre os achados à biomicroscopia ultra-sônica de bolhas filtrantes, com ou sem mitomicina C, e a pressão intra-ocular

Correlação entre os achados à biomicroscopia ultra-sônica de bolhas filtrantes, com ou sem mitomicina C, e a pressão intra-ocular

Título alternativo The correlation between ultrasound biomicroscopy of filtering blebs, with or without mitomycin C, and intraocular pressure
Autor Marcon, Italo Mundialino Google Scholar
Mello, Paulo Augusto de Arruda Autor UNIFESP Google Scholar
Corrêa, Zélia Maria da Silva Autor UNIFESP Google Scholar
Marcon, Alexandre Seminoti Google Scholar
Instituição Fundação Faculdade Federal de Ciências Médicas de Porto Alegre
ISCMPA Santa Casa de Porto Alegre serviço de oftalmologia
FFFCMPA ISCMPA
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Faculdade de Ciências Médicas de Santos
ISCMPA serviço de oftalmologia setor de retina, oncologia oftalmológica e ultra-sonografia ocular
ISCMPA FFFCMPA
Resumo Purpose: To evaluate the presence or absence of filtering blebs, its cavities, differences in diameter, height, wall thickness, seen on ultrasound biomicroscopy (UBM) of eyes submited to trabeculectomy, with or without using mitomicyn C (MMC), and to evaluate the effect of these caracteristics on the intraocular pressure (IOP). Methods: In a nonrandomized fashion, a six-month cohort study of 61 eyes of 44 glaucoma patients examined by UBM, all of which underwent trabeculectomy. Of these, 38 received MMC and 23 did not. All eyes were examined and evaluated post-operatively by UBM, with a 50 mHz probe, using the technique described by Pavlin in 1991 (Pavlin et al., 1991). Results: Bleb height was 1.80 ± 0.74 mm in eyes with MMC and 1.40 ± 0.53 mm in the ones without MMC. The thickness of the bleb wall was 0.91 ± 0.59 mm in eyes with MMC and 0.51 ± 0.45 mm in the ones without MMC. IOP measured was 12.37 ± 5.45 mmHg in eyes with MMC and 14.91 ± 5.48 mm in the ones without MMC. Conclusions: UBM study showed that bleb height was the main influencing factor in lowering IOP. The bleb wall was significantly thicker in eyes with MMC than in the ones without MMC. Decrease of IOP was significantly higher in eyes with MMC, with an average difference of 2.54 mmHg.

Objetivo: Avaliar, pela biomicroscopia ultra-sônica (UBM), a presença ou não de bolhas filtrantes antiglaucomatosas, observando sua cavidade, e suas diferenças no diâmetro, altura e espessura da parede, em olhos submetidos à cirurgia de trabeculectomia, com ou sem o uso de mitomicina C (MMC), e avaliar o efeito destas características sobre a pressão intra-ocular (Po). Métodos: De forma aleatória, em um estudo de coorte com duração de seis meses, foram examinados pela UBM 61 olhos de 44 pacientes portadores de glaucoma, submetidos à cirurgia de trabeculectomia, tendo 38 recebido a mitomicina C (MMC) e 23 não. Todos os olhos foram examinados e avaliados no pós-operatório pelo UBM, com sonda de 50 MHz, utilizando a técnica descrita por Pavlin em 1991 (Pavlin et al., 1991). Resultados: A altura da bolha filtrante foi de 1,80 ± 0,74 mm nos olhos com MMC e de 1,40 ± 0,53 mm naqueles sem MMC. A espessura da parede da bolha foi de 0,91 ± 0,59 mm nos olhos que receberam a MMC e 0,51 ± 0,45 mm naqueles que não receberam. A Po foi de 12,37 ± 5,45 mmHg nos olhos com MMC e de 14,91 ± 5,48 mmHg nos que não receberam. Conclusões: O estudo pelo UBM demonstrou que foi a altura da bolha o elemento que mais influenciou na diminuição da Po. A espessura da parede foi significativamente maior nos olhos com MMC do que nos sem MMC. A diminuição da Po foi maior nos olhos em que foi utilizada a MMC, com uma diferença média de 2,54 mmHg.
Palavra-chave Glaucoma
Glaucoma and trabeculectomy
Glaucoma and mitomycin
UBM and glaucoma
Intraocular pressure
Glaucoma
Glaucoma e trabeculectomia
Glaucoma e mitomicina
UBM e glaucoma
Pressão intra-ocular
Idioma Português
Data de publicação 2000-02-01
Publicado em Arquivos Brasileiros de Oftalmologia. Conselho Brasileiro de Oftalmologia, v. 63, n. 1, p. 65-70, 2000.
ISSN 0004-2749 (Sherpa/Romeo)
Publicador Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Extensão 65-70
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27492000000100013
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-27492000000100013 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/911

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-27492000000100013.pdf
Tamanho: 744.4KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta