Avaliação dos comportamentos auditivos de figura-fundo e de resolução temporal e da percepção de limitações de atividades comunicativas em crianças e adolescentes portadores de deficiência auditiva unilateral

Avaliação dos comportamentos auditivos de figura-fundo e de resolução temporal e da percepção de limitações de atividades comunicativas em crianças e adolescentes portadores de deficiência auditiva unilateral

Título alternativo Evaluation of auditory behaviors of figure-to-ground and temporal resolution and the perception of limitations on communicative activities of children and adolescents with unilateral hearing loss
Autor Vieira, Márcia Ribeiro Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Pereira, Liliane Desgualdo Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Purpose: To test the hearing behavior of figure-to-ground and temporal resolution and the self-perception of limitations on activities of children and adolescents with unilateral hearing loss. Methods: Participated 38 individuals, between the age of 8 and 19 (average 12.32), divided into: experimental group (with unilateral hearing loss) and control group (normal-hearing individuals), each one formed of 19 individuals, matched according to their gender, age and educational level. They have all been submitted to anamneses, to a complete audiology test and to the procedures of study: a self-report questionnaire of limitations on communicative activities with questions about noisy and silent situations, and sound localization. The participants have been submitted to the Gap-In-Noise and the Pediatric Speech Intelligibility tests at 0, -10 and -15 reference. The statistical analysis has been done through non-parametric tests at the significance level of 0.05. Results: In the experimental group the unilateral hearing loss has been classified as profound in most participants, having started at the pre-schooling stage, with unknown or undefined etiologies (e.g. meningitis, traumas, mumps and measles). Most individuals have presented complaints of learning difficulties, and have shown limitations on communicative activities, of moderate degree predominantly, and especially in noisy situations. The degree and the ear with unilateral hearing loss have not interfered in the severity of the limitation. The worst results, both at the thresholds of gap detection and the Pediatric Speech Intelligibility test on the good ear, have been found in the experimental group. There was no correlation between the thresholds of gap detection on the good ear and the side of the bad one. Conclusions: Individuals with unilateral hearing loss present limitations on communicative activities, especially in noisy environments which are related to worse hearing abilities of temporal resolution and figure-to-ground.

OBJETIVO: Avaliar os comportamentos auditivos de figura-fundo e resolução temporal e a auto-percepção das limitações de atividades comunicativas de crianças e adolescentes portadores de deficiência auditiva unilateral. MÉTODOS: Participaram do estudo 38 indivíduos, com idades entre 8 e 19 anos (media 12,32) , divididos em: grupo estudo (portadores de perda auditiva unilateral) e grupo controle (normo-ouvintes), cada um formado por 19 indivíduos, pareados conforme sexo, idade e escolaridade. Todos foram submetidos à anamnese, avaliação audiológica completa e aos procedimentos do estudo: questionário de auto-avaliação das limitações de atividades comunicativas com questões referentes a situações ruidosas, silenciosas e de localização sonora, subdivididas em 3 ambientes: casa, escola e rua. Além disso, os participantes foram submetidos também aos testes de processamento auditivo Gap- In- Noise (GIN) e Pediatric Speech Intelligibility Test nas relações 0, -10 e -15. A análise estatística foi realizada por meio de testes não paramétricos com nível de significância de 0.05. RESULTADOS: No grupo estudo, a perda auditiva unilateral na maioria dos participantes foi classificada como sendo de grau profundo, com início na fase pré-escolar, com etiologias desconhecidas ou identificadas como meningite, traumas, caxumba e sarampo. A maioria dos indivíduos apresentou queixa de dificuldades de aprendizagem, e mostrou limitações de atividades comunicativas, de grau moderado predominantemente, e principalmente em situações ruidosas. O grau e a orelha com perda auditiva unilateral não interferiram na severidade da limitação. No grupo estudo foram observadas as piores respostas tanto para os limiares de detecção de gap como no teste Pediatric Speech Intelligibility Test obtidas na orelha normal. Não houve correlação significativa entre os limiares de detecção de gap na orelha normal e o lado da orelha com perda auditiva. CONCLUSÕES: Indivíduos com perda auditiva unilateral apresentam limitações de atividades comunicativas, principalmente em ambientes ruidosos associadas a piores habilidades auditivas de resolução temporal e de figura-fundo.
Palavra-chave Perda auditiva unilateral
Audição
Testes auditivos
Percepção auditiva
Transtornos da audição
Qualidade de vida
Hearing loss, unilateral
Hearing
Hearing tests
Auditory perception
Hearing disorders
Quality of life
Idioma Português
Data de publicação 2010-01-27
Publicado em VIEIRA, Marcia Ribeiro. Avaliação dos comportamentos auditivos de figura-fundo e de resolução temporal e da percepção de limitações de atividades comunicativas em crianças e adolescentes portadores de deficiência auditiva unilateral. 2010. Dissertação (Mestrado em Ciências) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, 2010.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 141 p.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9100

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publico-015.pdf
Tamanho: 1.877MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta