Avaliação do tempo da realização dos registros de enfermagem antes e após implantação do sistema informatizado

Avaliação do tempo da realização dos registros de enfermagem antes e após implantação do sistema informatizado

Título alternativo Evaluation of the time of effecting the registration of nursing before and after implementation of information system
Autor Betta, Cristiane Aparecida Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Wainer, Jacques Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Informática em Saúde – São Paulo
Resumo The records and nursing notes are essential to patient care. However, studies have reflected on the time of emergence of these records and observed that they consume much of their time of nurses who, overwhelmed by daily care activities, they face a complex challenge of managing the time of care. Aims: To measure and analyze the time of manual registration and automated tasks performed by nursing assistants (EA) and nurses. Methods: This is a study, an observational, prospective, before and after drawing. The measurement of time of manual and electronic record was done in two steps, the drive Surgical Clinic of a public hospital in Sao Paulo. Two nurse´s observers measured the time of manual and computerized record of the nursing tasks performed by 32 AE and certain stages of the Nursing Care System (NCS), conducted by five nurses, previously drawn. The measurement occurred during four hours of work in three periods: morning, noon and night, in nine stages in the same way, with one-month intervals between collections. Data were analyzed by Wilcoxon statistical test, with p<0.05. Results: After comparing the times of the phases manual and computerized, it was observed that the AE obtained significant results in terms of reducing the time of the electronic record in relation to the manual, in most tasks. Except for the "Evolution of Nursing", every step of NCS had increased length of computerized records, comparing with the manual. Conclusions: The performance of the AE in relation to the time of computerized record was better, compared to the time of manual registration, showing that these professionals are adapted to the software. As nurses, we observed that the time of the computerized record was greater than that required manual steps in clinical reasoning. This research allowed us to suppose that the deployment of software to record carefully, optimized the time of nursing assistants and favored the inclusion of elaborate and diverse information on the system by nurses.

Os registros e anotações de enfermagem são fundamentais para o cuidado prestado ao paciente. Porém, estudos têm refletido sobre o tempo de realização destes registros e observou-se que os mesmos consomem grande parte do tempo dos enfermeiros que, sobrecarregados pelas atividades assistenciais diárias, deparam-se com um complexo desafio de administrar o tempo do cuidado. Objetivos: Mensurar e analisar o tempo do registro manual e informatizado de tarefas realizadas por auxiliares de enfermagem (AE) e enfermeiros. Métodos: Trata-se de um estudo, do tipo observacional, prospectivo, de desenho antes e depois. A mensuração do tempo do registro manual e eletrônico foi realizada em duas etapas, na unidade Clínica Cirúrgica de um hospital público, em São Paulo. Dois enfermeiros observadores mediram o tempo do registro manual e informatizado das anotações de enfermagem de tarefas realizados por 32 AE e de determinadas etapas da Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE), realizadas por cinco enfermeiros, previamente sorteadas. A mensuração ocorreu durante quatro horas nos três períodos de trabalho: manhã, tarde e noite, em nove fases de maneira idêntica, com intervalos de um mês entre as coletas. Os dados foram analisados pelo teste estatístico Wilcoxon, com p<0,05. Resultados: Após comparação dos tempos das fases manual e informatizada, observou-se que os AE obtiveram resultados significativos em relação à diminuição do tempo do registro eletrônicos em relação ao manual, na maioria das tarefas. Com exceção da “Evolução de Enfermagem”, todas as etapas da SAE apresentaram aumento do tempo de registro informatizado, comparando-se com o manual. Conclusões: O desempenho dos AE em relação ao tempo de registro informatizado foi melhor, comparado ao tempo do registro manual, evidenciando que estes profissionais estão adaptados ao software. Quanto aos enfermeiros, foi possível observar que o tempo do registro informatizado foi maior que o manual nas etapas que necessitaram raciocínio clínico. Esta investigação permitiu supor que a implantação do software para registro do cuidado, aperfeiçoou o tempo dos auxiliares de enfermagem e favoreceu a inserção de informação elaborada e diversificada no sistema, por parte dos enfermeiros.
Palavra-chave Aplicação de informática médica
Estudo antes e depois
Gerenciamento do tempo
Processos de enfermagem
Fatores de tempo
Registros de enfermagem
Idioma Português
Data de publicação 2011-05-25
Publicado em BETTA, Cristiane Aparecida. Avaliação do tempo da realização dos registros de enfermagem antes e após implantação do sistema Informatizado. 2011. 86 f. Dissertação (Mestrado em Ciências) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2011.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 86 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9096

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Retido-12817.pdf
Tamanho: 1.094MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta