Avaliação das funções de pacientes com doença de Alzheimer provável em fase inicial com o uso da bateria de avaliação comportamental das síndromes disexecutivas(BADS)

Avaliação das funções de pacientes com doença de Alzheimer provável em fase inicial com o uso da bateria de avaliação comportamental das síndromes disexecutivas(BADS)

Título alternativo Assessing Executive Functions in probable-initial-stage Alz- heimer's disease patients using the Behavioral Assessment of dysexecutive Syndrome(BADS) Battery
Autor Prado, Fabíola Canali Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Brucki, Sonia Maria Dozzi Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Embora o principal déficit inicial seja a memória, existe também um prejuízo nas funções executivas na doença de Alzheimer desde as fases leves e estes estão correlacionados com prejuízo funcional. Testes ecológicos são indicados para a avaliação dos déficits das funções executivas, podendo auxiliar melhor no tratamento de pacientes com doença de Alzheimer. Objetivo: verificar o desempenho nas funções executivas usando a Behavioural Assessment of the Dysexecutive Syndrome em idosos controles e pacientes com doença de Alzheimer provável em fase inicial e a aplicabilidade desta bateria ecológica em nosso meio. Métodos: Avaliamos com a Behavioural Assessment of the Dysexecutive Syndrome 41 idosos controles e 41 pacientes com doença de Alzheimer provável em fase inicial, sem diferença estatisticamente significativa em relação à idade, escolaridade e sexo. Resultados: Houve diferença estatisticamente significativa entre os grupos nos escores do Mini Exame do Estado Mental e em medidas de funções executivas, memória e velocidade de processamento, bem como, no escore total e em quase todos os subtestes da Behavioural Assessment of the Dysexecutive Syndrome, exceto no subteste de Julgamento Temporal. No questionário disexecutivo da Behavioural Assessment of the Dysexecutive Syndrome de auto-avaliação e avaliação pelo cuidador também se detectou diferença entre os grupos. Conclusão: A Behavioural Assessment of the Dysexecutive Syndrome mostrou-se eficaz na detecção dos déficits em funções executivas em nossa amostra, conforme confirmado pelos resultados dos demais testes que avaliam funções executivas.
Palavra-chave Doença de Alzheimer
Funções executivas
Avaliação ecológica
Demência
Alzheimer’s disease
Executive functions
BADS
Ecological test
Dementia
Idioma Português
Data de publicação 2009-01-28
Publicado em PRADO, Fabíola Canali. Avaliação das funções de pacientes com doença de Alzheimer provável em fase inicial com o uso da bateria de avaliação comportamental das síndromes disexecutivas(BADS). 2009. 123 f. Dissertação (Mestrado em Ciências) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2009.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 123 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9056

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta