Avaliação da recanalização de tubas uterinas de ovelhas obstruídas em longo prazo por via transvaginal com cianoacrilato

Avaliação da recanalização de tubas uterinas de ovelhas obstruídas em longo prazo por via transvaginal com cianoacrilato

Título alternativo Evaluation of recanalization on long-term sheep uterine tubes obstruction by transvaginal approach with cyanoacrylate
Autor Bigolin, Sergio Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Fagundes, Djalma José Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Objective: To study morphometry and uterine tube (UT) patency in sheep subjected to transvaginal obstruction with cyanoacrylate adhesive and subsequent reanastomosis. Methods: 16 female sheep (n = 32 UT), Texel, fertile, underwent tubal obstruction with 0.5ml of n-butyl-2-cianoacrylate and randomly assessed to: TT group (n=16 UT) with termino-terminal reanastomosis and SE group (n=16 UT) with salpingotomy, enucleating of the adhesive and side suture. A hysterosalpingography was performed at 180th day after obstruction follow by a laparotomy for reanastomosis TT or SE. Other hysterosalpingography was performed at 240th day. From 240th day until 300th day the sheep were mating with fertile males. We evaluated the bodyweight curve, the fertility rate and radiographic patency of the tubes. On 300th day were collected the UT to study the diameter (cm), the morphometry of the mucosa and miosalpinx (mm), and evaluation of the inflammatory process. Statistical tests, according to the nature of the variables, considered the statistical significance of p <0.05.Results: The analysis of the bodyweight showed no deviation from the normal curve in all animals. Hysterosalpingography was observed in the absence of contrast in the free abdominal cavity in 100% of animals in both groups. At the 240th day was observed persisting obstruction in 37.5% of TT group. The tubal patency was recovery in all the animals of the SE. Pregnancy occurred in 75% of the animals of the SE and 25% of the animals of the TT. Morphometry showed a significant increase of tube diameter (mean 0.73/TT180th; 0.29/TT300th; 0.18/SE300th day). Occurred a significant increase of mucosa thickness in TT group on 180th day (0.307mm) compared to Group SE 300th day (0.223). Miosalpinx showed a significant increase in TT 180th day (0.547) compared to TT 300th day (0.338) and SE 300th day (0.333). Conclusions: the video-hysteroscopy insertion of n-butyl-2-cyanoacrylate was effective in producing tubal obstruction. The salpingotomy, enucleating the adhesive and side suture was more effectiveness than termino-terminal anastomosis and was associated to higher pregnancy rates.

Objetivo: estudar a morfometria e perviedade da tuba uterina (TU) em ovinos submetidos a obstrução transvaginal com adesivo de cianoacrilato e subsequente reanastomose. Métodos: 16 ovelhas (n = 32 UT), Texel, férteis, foram submetidas à obstrução tubária com 0,5 ml de n-butil-2-cianoacrilato e aleatoriamente distribuídas em: grupo TT (n = 16 TU), com anastomose término-terminal e grupo SE (n = 16 TU), com salpingotomia, enucleação do adesivo e sutura lateral. A histerossalpingografia foi realizada aos 180 dias após a obstrução seguida de uma laparotomia para reanastomose TT ou SE. Outra histerossalpingografia foi realizada aos 240 dias. Entre os 240 até 300 dias as ovelhas foram acasaladas com machos férteis. Avaliou-se a curva de peso corporal, a taxa de fertilidade e perviedade radiográfica das tubas. No 300º. dia foram coletadas as TU para estudar o diâmetro (cm), a morfometria da mucosa e miossalpinge (mm), e avaliação do processo inflamatório. Os testes estatísticos, segundo a natureza das variáveis, consideraram a significância estatística de p < 0,05. Resultados: a análise do peso corporal não apresentou desvio da curva normal em todos os animais. Na histerossalpingografia foi observada a ausência de contraste livre na cavidade abdominal em 100% dos animais em ambos os grupos. No 240º. dia foi observado que persistiu a obstrução em 37,5% do grupo TT. Os animais da SE recuperam a perviedade em 100% deles. A prenhez ocorreu em 75% dos animais da SE e 25% dos animais da TT. Houve um aumento significativo do diâmetro da tuba aos 180 dias (média de 0,73/TT180; 0,29/TT300; 0,18/SE300 dias). Ocorreu um aumento significativo da espessura da mucosa no grupo TT 180 dias (0,307 milímetros) em relação ao grupo SE 300 dias (0,223 mm). A espessura do miossalpinge mostrou um aumento significativo em TT 180 dias (0,547) em relação ao TT 300 dias (0,338) e SE 300 dias (0,333 mm). Conclusões: a inserção por vídeohisteroscopia de n-butil-2-cianoacrilato foi eficaz na produção de obstrução tubária. A salpingotomia, enucleação do adesivo e sutura lateral foi mais eficaz do que a anastomose término-terminal e associada a maiores taxas de prenhez.
Palavra-chave Tubas uterinas
Esterilização reprodutiva
Adesivos
Ovinos
Recanalização tubária
Idioma Português
Data de publicação 2010-03-31
Publicado em BIGOLIN, Sergio. Avaliação da recanalização de tubas uterinas de ovelhas obstruídas em longo prazo por via transvaginal com cianoacrilato. 2010. Tese (Doutorado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2010.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 132 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9041

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Retido-037a.pdf
Tamanho: 1.905MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo
Nome: Retido-037b.pdf
Tamanho: 1.959MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta