Avaliação da estrutura e processo assistencial de enfermagem na prevenção e controle da infecção de sítio cirúrgico em pacientes submetidas à cirurgia oncológica de mama

Avaliação da estrutura e processo assistencial de enfermagem na prevenção e controle da infecção de sítio cirúrgico em pacientes submetidas à cirurgia oncológica de mama

Título alternativo Evaluation of structure and process of assistential nursing in the prevention and control of surgical site infection in patients undergoing breast cancer surgery
Autor Silva, Lúcia Marta Giunta da Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Gutiérrez, Maria Gaby Rivero de Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Introduction: High rates of infection can reflect low health service quality. The fact that previous studies performed at the same location of the present study found surgical site infection rates (SSI) ranging from 14.1% to 22% raised questions about the possibility of the nursing care structure and process to affect those rates. After obtaining this first answer, another question emerged, concerning the capacity of an inservice training program be able to encourage the participants, by means of an interactive dynamics, to develop proposals or projects from making changes. Objectives: To evaluate nursing care structure and process in preventing and managing SSI; and evaluate an inservice training program for nurses involved in the context of the identified problems, using interactive educational strategies aiming at the prevention and control of this complication. Method: This intervention study was approved by the UNIFESP Research Ethics Committee under register 1486/07, and was developed in two stages. The first stage consisted of and observation and analysis study, performed by means of inspections of the structure and process at the Gynecology Oncomastology Units at Hospital São Paulo (HSP), between August 2007 and March 2008. This stage was described in the first article that composes this dissertation. The second stage used a quali-quantitative approach and was performed from October 2008 to September 2009. It consisted of the structure, development, and evaluation of the educational project in a virtual environment for the Training Program at Work for nurses of the referred hospital units, in SSI control, based on the Skopos Model, and organized based on the resources of the Moodle environment. The data regarding this stage was described in the three subsequent articles that comprise the dissertation. Results: The evaluation of the nursing care structure and process showed that the normative document were in agreement with the literature; however, the physical structure and the nursing care processes of the studied locations presented important limitations, which had a negative impact on the development of adequate health care processes to prevent SSI. In terms of the structure and use of a virtual learning environment in continuing nursing education, Moodle showed to be valuable in structuring a nursing training program, which sought to stand apart from a unilateral and hierarchical communication model. The evaluation of goal achievement and content adequacy of the referred program was performed by four nurses who participated in the process. The nurses found that the program presents clear benefits and the main limiting factors associated with inservice training. In addition, although new educational strategies, particularly if interactive, are welcome, the professionals preferred in-person meetings. Finally, using the HFMEA® and the Ishikawa diagram permitted to analyze four nursing care processes and their forms of failure: 1) scheduling a surgery through the Oncomastology Unit; 2) Surgery Patient Admission and Discharge Flow at the Gynecology Hospitalization Unit; 3) Performing Outpatient Surgical Procedures; 4) Outpatient Return Appointments for Surgery Patients. In addition, it was possible to make a list of improvement actions that were initiated based on the discussions held during the training program. Conclusions: The study results evidenced the need to review the nursing care process and to make the structure adequate with a view to meet the standards for SSI prevention and control. As for the inservice training program, the experience of using educational technology at the referred institution was feasible and provided the chance for group analyses about the problematic situation, as well as the proposal of actions for its solution. However, just as any innovative process, there is a pathway to be constructed so that nurses, who are used to training programs that are expositive, performed on-site and focused on previously determined objectives become capable of benefiting from interactive, collaborative, and project-based strategies.

Introdução: Altas taxas de infecção podem refletir a qualidade de um serviço de saúde. Considerando-se que as taxas de infecção de sítio cirúrgico (ISC) encontradas em estudos prévios no local do presente estudo variaram de 14,1% a 22%, questionou-se se a estrutura e o processo assistencial de enfermagem estariam influenciando estas taxas. Uma vez obtida esta resposta, outra indagação relacionou-se à capacidade de um programa educativo de gerar a construção de propostas ou projetos de mudanças por parte dos seus participantes, a partir e uma dinâmica que prime pela interatividade. Objetivo: Avaliar a estrutura e processo assistencial de enfermagem e um programa educativo para os enfermeiros, com o uso de estratégias educacionais interativas, para a prevenção e controle de ISC. Método: Estudo de intervenção, aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da UNIFESP sob o número 1486/07, desenvolvido em duas etapas. A primeira consistiu de um estudo observacional e de análise documental, realizado por meio de auditorias de estrutura e processo, na Unidade de Ginecologia e Setor de Oncomastologia do Hospital São Paulo (HSP), entre agosto de 2007 e março de 2008. Esta fase do estudo foi descrita no primeiro artigo que compõe o corpo desta tese. A segunda, de abordagem quali-quantitativa, foi realizada no período de outubro de 2008 a setembro de 2009 e compreende a estruturação, desenvolvimento e avaliação do projeto educacional em ambiente virtual voltado para as enfermeiras dos setores acima mencionados, para controle de ISC, baseado no Modelo Skopos e organizado a partir dos recursos do ambiente Moodle. O conjunto de dados desta etapa foi descrito nos três artigos subsequentes que compõem a tese. Resultados: A avaliação da estrutura e processo assistencial de enfermagem evidenciou que os documentos normativos estavam em consonância com o preconizado na literatura, porém, a estrutura física e os processos assistenciais dos locais pesquisados apresentavam limitações importantes com impacto negativo para o desenvolvimento dos processos assistenciais adequados à prevenção de ISC. No que se refere à estruturação e utilização de um ambiente virtual de aprendizagem na educação continuada em enfermagem, o Moodle mostrou-se valioso para estruturação de um programa educativo de enfermagem, que buscou distanciar-se do modelo de comunicação unilateral e hierárquico. A avaliação do alcance dos objetivos e da adequação dos conteúdos propostos pelo referido programa, por parte das quatro enfermeiras que participaram do processo, mostrou que as mesmas têm clareza dos benefícios e dos principais fatores limitantes atrelados aos programas educativos. E, ainda, embora novas estratégias pedagógicas, particularmente interativas, sejam bem-vindas, as profissionais preferiram os encontros presenciais para verbalização e organização das reflexões. Finalmente, a aplicação das ferramentas HFMEA® e diagrama de Ishikawa possibilitou a análise de quatro processos assistenciais de enfermagem e seus modos de falha: 1) Agendar cirurgia via Setor de Oncomastologia; 2) Fluxo de Admissão e Alta de Paciente Cirúrgico na Unidade de Internação de Ginecologia; 3) Realização de Procedimentos Cirúrgicos Ambulatoriais; 4) Retorno Ambulatorial de Pacientes Cirúrgicos. Possibilitou, ainda, a elaboração de ações de melhoria que foram iniciadas a partir das discussões realizadas no programa. Conclusões: Os resultados do estudo evidenciaram a necessidade de revisão do processo assistencial de enfermagem e adequação da estrutura, a fim de que os padrões de prevenção e controle da ISC fossem atendidos. Em relação ao programa educativo, a experiência de uso de tecnologia educacional na instituição em questão mostrou-se factível e propiciou a reflexão conjunta sobre a situação-problema vivenciada, bem como a proposta de ações para sua solução. Porém, como todo processo inovador, há uma trajetória a ser construída para que os enfermeiros habituados ao estilo expositivo, presencial e focado em objetos previamente determinados, sejam capazes de se beneficiarem de estratégias interativas, colaborativas e baseadas em projetos.
Palavra-chave Garantia da qualidade dos cuidados de saúde
Breast neoplasms
Education nursing continuing
Educação continuada em enfermagem
Infecção da ferida operatória
Neoplasias da mama
Surgical wound infection
Quality assurance in health care
Idioma Português
Data de publicação 2009-10-28
Publicado em SILVA, Lúcia Marta Giunta da. Avaliação da estrutura e processo assistencial de enfermagem na prevenção e controle da infecção de sítio cirúrgico em pacientes submetidas à cirurgia oncológica de mama. 2009. Tese (Doutorado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2009.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9017

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publico-00357a.pdf
Tamanho: 1.950MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo
Nome: Publico-00357b.pdf
Tamanho: 1.752MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo
Nome: Publico-00357c.pdf
Tamanho: 1.530MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta