Associação entre polimorfismos do gene do receptor alfa de estrogênio com a densidade mamográfica em mulheres após a menopausa

Associação entre polimorfismos do gene do receptor alfa de estrogênio com a densidade mamográfica em mulheres após a menopausa

Título alternativo Estrogen alpha receptor gene polymorphisms association with mammographic density in postmenopausal women
Autor Ramos, Eduardo Henrique de Moura Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Nazário, Afonso Celso Pinto Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Medicina (ginecologia) – São Paulo
Resumo Introduction: Genes that encode proteins involved at biosynthesis, action and metabolism of sexual steroids are polymorphics. This condition could explain individual variations in mammographic density. The objectives of this study were to evaluate a possible association of clinical characteristics and polymorphisms HaeIII, MspI and XbaI of the estrogen receptor gene alpha with postmenopausal mammographic density. Methods: Prospective evaluation was made of 120 women who were not hormone therapy users and had no identified breast lesions. Bilateral mammography was obtained from the group, and the radiological density was determined by three independent observers, with two subjective evaluations based on the ACR-BIRADS® (2003) classification of mammographic patterns and one computerized evaluation – the grey-scale histogram tool of the Adobe Photoshop® 7.0 software. Peripheral blood samples were obtained for DNA extraction, performed according to the GFX® Kit protocol from Amersham-Pharmacia. PCR-RFLP (Polymerase Chain Reaction - Restriction Fragment Length Polymorphism) was carried out for an analysis of the polymorphisms present in intron 1 (HaeIII and XbaI) and in exon 1 (MspI) of the estrogen receptor gene. Results: There was a high degree of concordance among the observers in the determination of mammographic density (Kappa, Pearson and Spearman index - p<0.001). The associations of clinical characteristics with mammographic density were: age (p=0,04), body mass index (p<0.0001), age at menarche (p=0.02), age at menopause (p=0.120), age at first delivery (p=0.120) and parity (p=0.09). The relation between the allele distribution of the polymorphisms and the density was: XbaI (p=0.02), HaeIII (p=0.65) and MspI (p=0.65). Conclusion: Polymorphism XbaI and the clinical factors age, menarche and body mass index showed to be associated with postmenopausal mammographic density.

Introdução: Genes que codificam proteínas envolvidas na biossíntese, ação e metabolização dos esteróides sexuais são polimórficos. Essa condição poderia explicar as variações individuais na densidade mamográfica. O presente estudo teve como objetivos avaliar a eventual associação das características clínicas e dos polimorfismos HaeIII, MspI e XbaI do gene do receptor alfa de estrogênio com a densidade mamográfica após a menopausa. Métodos: Foram avaliadas prospectivamente 120 mulheres não usuárias de terapia hormonal e sem lesões mamárias clínica ou mamográficas. Todas elas submeteram-se à mamografia bilateral e a densidade radiológica foi determinada por três observadores independentes, sendo duas avaliações subjetivas, baseadas na classificação dos padrões mamográficos do ACR-BIRADS® (2003) e uma computadorizada - ferramenta de histograma de escala de cinza do software Adobe Photoshop® 7.0. Amostras de sangue periférico foram obtidas para extração de DNA, que foi realizada segundo o protocolo do Kit GFX® da Amersham-Pharmacia. Após a extração do DNA, foi realizada PCR-RFLP (Reação de Cadeia Polimerase - Restriction Fragment Length Polymorphism) para análise dos polimorfismos presentes no íntron 1 (HaeIII e XbaI) e no éxon 1 (MspI) do gene do receptor de estrogênio. Resultados: Houve alto grau de concordância entre os observadores na determinação da densidade mamográfica (kappa, Pearson e Spearman - p<0,001). As associações entre as características clínicas com a densidade mamária foram: Idade (p=0,04), índice de massa corpórea (p<0,0001), idade da menarca (p=0,02), idade da menopausa (p=0,120), idade no primeiro parto (p=0,120) e paridade (p=0,09). Já a relação entre a distribuição alélica dos polimorfismos com a densidade foi: XbaI (p=0,02), HaeIII (p=0,65) e MspI (p=0,65). Conclusão: Apenas o polimorfismo XbaI e os fatores clínicos idade, idade da menarca e índice de massa corpórea mostraram-se associados com a densidade mamográfica após a menopausa.
Palavra-chave Receptores estrogênicos
Polimorfismo (genética)
Mamografia
Neoplasias mamárias
Breast neoplasms
Neoplasias da mama
Receptors, estrogen
Polymorphism, genetic
Idioma Português
Financiador Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
Número do financiamento FAPESP: 03 / 04533-1
Data de publicação 2009-04-29
Publicado em RAMOS, Eduardo Henrique de Moura. Associação entre polimorfismos do gene do receptor alfa de estrogênio com a densidade mamográfica em mulheres após a menopausa. 2009. 107 f. Tese (Doutorado em Ciências) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, 2009.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 107 p.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/8990

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publico-8990.pdf
Tamanho: 5.125MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta