Retalho venoso unipediculado transposto comparado ao não transposto: estudo experimental em coelhos

Retalho venoso unipediculado transposto comparado ao não transposto: estudo experimental em coelhos

Título alternativo Evaluation of unipediculated venous flap with and without transposition
Autor Silva, Alfredo Benjamim Duarte Da Google Scholar
Tenius, Daniel Pundek Google Scholar
Vialle, Luis Google Scholar
Bittencourt, Rogério Google Scholar
Paula, Josuê De Google Scholar
Greca, Fernando Hintz Autor UNIFESP Google Scholar
Groth, Anne Karoline Google Scholar
Gonçalves, Carolina Gomes Google Scholar
Instituição Hospital Universitário Cajuru
Hospital Universitário Cajuru Ortopedia
Hospital Universitário Cajuru Disciplina de Ortopedia e Traumatologia
Hospital Universitário Cajuru Cirurgia Plástica
Pontifícia Universidade Católica do Paraná Disciplina de Técnica Operatória e Cirurgia Experimental
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Conventional flaps are caracterized by arterial blood inflow and venous blood outflow. Venous flaps have only one vein in their pedicle. Determination of survival area and vascularization in transpositioned venous flaps is the aim of this study. A 2x2 cm² skin flap, based in the distal pedicle of anterior marginal vein, was performed in 8 rabbits ears. The flaps were divided in two groups: group I (n=8)-the flaps were elevated are fixated in the same position.; group II (n=8)-the flaps were elevated and transpositioned in 90°. These two groups were compared in between and with group III (n=8), in which was performed a skin graft. Necrosis mean area in group I (6,5%) was smaller than in group II (43,5%), and in both groups I and II was smaller than group III (88,75%). Angiography didn't alterations in vascular pattern comparing groups I and II. Anterior marginal vein was important for flap survival. Necrosis area in group II, which was transpositioned, was wider than in group I.

Retalhos venosos são aqueles que apresentam em seu pedículo apenas uma veia, diferente dos retalhos convencionais que são caracterizados por entrada de sangue arterial e saída de sangue venoso. O objetivo deste trabalho foi determinar se a transposição do retalho venoso unipediculado modifica a sua área de sobrevida e vascularização. As orelhas de oito coelhos foram submetidas à realização de retalhos venosos. Dissecou-se um retalho de pele de dois por dois centímetros baseado no pedículo distal da veia marginal anterior. Os retalhos foram divididos em dois grupos: no grupo I(n=8), os retalhos venosos foram levantados e suturados na mesma posição; no grupo II (n=8), os retalhos foram levantados e transpostos 90 graus. Estes dois grupos foram comparados entre si e ao grupo III(n=8), no qual foi realizado enxerto de pele com subcutâneo sobre um leito bem vascularizado. A área média de necrose no grupo I (6,5%) foi significativamente menor que no grupo II (43,75%), e as áreas de necrose dos grupos I e II foram significativamente menor do que no grupo III (88,75%). O estudo angiográfico não mostrou alterações no padrão vascular comparando-se os grupos I e II. A veia marginal anterior foi importante para a sobrevida do retalho. Houve uma maior área de necrose do grupo II, em que foi realizada transposição, em relação ao grupo I.
Palavra-chave surgical flaps
Experimentation
Rabbit
Retalhos cirúrgicos
Coelho
Idioma Português
Data de publicação 2000-01-01
Publicado em Acta Cirurgica Brasileira. Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia, v. 15, p. 21-23, 2000.
ISSN 0102-8650 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia
Extensão 21-23
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0102-86502000000700005
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0102-86502000000700005 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/896

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0102-86502000000700005.pdf
Tamanho: 245.6KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta