Freqüência de pólipos em doentes operados de câncer colorretal

Freqüência de pólipos em doentes operados de câncer colorretal

Título alternativo Frequency of adenomatous polyps after surgical resection of colorectal cancer
Autor Rocha, Beatriz Pinho Autor UNIFESP Google Scholar
Ferrari, Angelo Paulo Autor UNIFESP Google Scholar
Forones, Nora Manoukian Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Introduction - Epidemiologic and molecular biologic studies have already demonstrated that adenomatous colonic polyps are precancerous diseases. The main indication of the colonoscopy in the surveillance of colorectal cancer treated patients is the diagnosis and resection of adenomatous polyps. Aim - To study the frequency of adenomatous polyps after surgically resection of colorectal cancer. Material and Methods - Sixty eight patients, mean age 59 years old, with total resection of colorectal cancer, submitted to various colonoscopies during the follow up were studied retrospectively. The histological type and the characteristics of the polyp were described. Results - The frequency of polyps was 18%, being higher in the patients with more than 45 years (20%). The site of the polyps was in the left colon in 38% of the patients with cancer. The histological type of adenomas was tubular in 61%, villous in 22% and mixed in 17%. Discussion - As described by other authors, the incidence of polyps were higher after 45 years old and more than a half of them were tubular. The frequency of polyps was higher in the first two years of follow up.

Introdução - Estudos epidemiológicos e gênicos mostram que os pólipos colônicos do tipo adenoma são lesões pré-neoplásicas. O seguimento de um paciente com câncer colorretal visa principalmente o diagnóstico e retirada de pólipos adenomatosos. Objetivo - Estudar a freqüência do aparecimento de pólipos adenomatosos em doentes com câncer colorretal em acompanhamento clínico após ressecção tumoral. Casuística e Métodos - Foi estudada, retrospectivamente, a freqüência de pólipos do tipo adenoma em 68 pacientes com idade média de 59 anos, submetidos a cirurgia curativa para tratamento de câncer colorretal e a colonoscopia de controle. Resultados - A incidência de pólipos adenomatosos foi de 18%, sendo maior acima de 45 anos (20%) e no cólon esquerdo (38%). Em relação ao tipo histológico, 61% eram tubulares, 22% vilosos e 17% túbulo-vilosos. Discussão - Assim como em outros relatos da literatura, a incidência de pólipos foi superior em indivíduos com mais de 45 anos, sendo em mais da metade do tipo tubular. A freqüência de pólipos foi maior nos dois primeiros anos de acompanhamento.
Palavra-chave Colonic polyps
Colorectal neoplasms
Pólipos do cólon
Neoplasias colorretais
Idioma Português
Data de publicação 2000-01-01
Publicado em Arquivos de Gastroenterologia. Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia - IBEPEGE Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva - CBCD Sociedade Brasileira de Motilidade Digestiva - SBMD Federação Brasileira de Gastroenterologia - FBGSociedade Brasileira de Hepatologia - SBHSociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva - SOBED, v. 37, n. 1, p. 31-34, 2000.
ISSN 0004-2803 (Sherpa/Romeo)
Publicador Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia - IBEPEGE Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva - CBCD Sociedade Brasileira de Motilidade Digestiva - SBMD Federação Brasileira de Gastroenterologia - FBGSociedade Brasileira de Hepatologia - SBHSociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva - SOBED
Extensão 31-34
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-28032000000100007
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-28032000000100007 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/895

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-28032000000100007.pdf
Tamanho: 165.3KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta