Gonadal function arrest in fillies after birth, as reflected by steroid serum concentrations

Gonadal function arrest in fillies after birth, as reflected by steroid serum concentrations

Título alternativo Supressão da função gonadal em potras após o nascimento, refletido pela concentração sérica de esteróides gonadais
Autor Nogueira, Guilherme de Paula Google Scholar
Barnabe, Renato Campanarut Google Scholar
Moreira, Alankardson Ferreira Google Scholar
Verreschi, Ieda Therezinha do Nascimento Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Universidade de São Paulo (USP)
Haras Equília
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Sexual maturation involves restraint of gonadal activity from birth to puberty, while somatic development continues. Fetal gonadal steroidogenesis is very important for the maintenance of pregnancy and foaling in mares. The present study was conducted to evaluate gonadal steroid serum levels in foals after birth. Five fillies born at Equília Stud Farm, Avaré, SP, Brazil, were studied. Blood samples were collected daily in the morning during the first week of life. Progesterone serum levels were measured by a commercial radioimmunoassay (RIA) kit and estradiol serum levels with a sensitized non-commercial RIA. At birth, both progesterone and estradiol serum levels were high (13.46 ± 5.5 nmol/l and 7.95 ± 1.5 nmol/l) and decreased to undetectable levels at the end of the first week of life. A negative correlation was found between fillie age and gonadal serum steroid concentration. Results show that fetal gonadal activity persists until birth, and decreases gradual and slowly during the first week of life, as reflected by steroid concentrations in the blood.

A maturação sexual envolve a supressão da atividade gonadal entre o nascimento e a puberdade, enquanto o desenvolvimento somático prossegue. A esteroidogênese na gônada fetal é muito importante para a manutenção da prenhez e para o parto das éguas. O presente trabalho foi conduzido para avaliar os níveis séricos de esteróides gonadais em potras após o nascimento. Cinco potras nascidas no Haras Equília, Avaré, São Paulo, foram estudadas. Procedeu-se à colheita de sangue diariamente pela manhã, durante a primeira semana de vida. Os níveis de progesterona foram medidos por meio de um kit comercial de radioimunoensaio (RIA), enquanto os níveis de estradiol o foram por um RIA sensibilizado não-comercial. Ao nascimento, tanto os níveis de progesterona quanto os de estradiol mostraram-se altos (13,46 ± 5,5 nmol/L e 7,95 ± 1,5 nmol/L), diminuindo a níveis não detectáveis no fim da primeira semana de vida. Uma correlação negativa foi detectada entre a idade das potras e a concentração de esteróides das gônadas. Os resultados mostram que a atividade secretora da gonada fetal persiste até o nascimento, diminuindo gradativamente durante a primeira semana de vida, demonstrada pela variação na concentração sérica de esteróides.
Palavra-chave Fillies
Steroids
Birth
Potras
Esteróides
Nascimento
Idioma Inglês
Financiador Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
Fundação para o Desenvolvimento da UNESP (FUNDUNESP)
Data de publicação 2000-01-01
Publicado em Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia / Universidade de São Paulo, v. 37, n. 4, p. 00-00, 2000.
ISSN 1413-9596 (Sherpa/Romeo)
Publicador Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia / Universidade de São Paulo
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1413-95962000000400008
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1413-95962000000400008 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/893

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1413-95962000000400008.pdf
Tamanho: 224.8KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta