Análise comparativa entre as escalas funcionais do membro superior WMFT e ARAT utilizadas na avaliação da terapia por contensão induzida em pacientes com AVC isquêmico

Análise comparativa entre as escalas funcionais do membro superior WMFT e ARAT utilizadas na avaliação da terapia por contensão induzida em pacientes com AVC isquêmico

Título alternativo Comparative analysis between the upper extremity functional scales WMFT and ARAT user in evaluation of constraint-induced movement therapy in ischemic stroke patients
Autor Assis, Rodrigo Deamo Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Massaro, Ayrton Roberto Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo The Constraint-induced Movement therapy (CIMT) is an intervention which main goal is the recuperation of affected upper extremity in hemiparetic patients with acquired encephalic lesion. Its protocol consists by an intensive treatment of two consecutive weeks with six hours of exercises and the wear of arm sling in non affected upper arm during 90% of daily activities. The motor improvement of CIMT is validity by the functional evaluation scales of upper extremity (FESUE) Wolf Motor Function Test (WMFT) and Action Research Arm Test (ARAT). Objective: Realize a comparative analysis between both scales. Methodology: The FESUE had been applied during four different times in 17 patients with diagnosis of ischemic stroke, who made individually the CIMT during two weeks and six hours of exercises and after made a comparative analysis between the FESUE by time for application, time for preparation of the table, reproducibility and factorial analysis. Results: Decreased in score of FESUE WMFT and increased in score of FESUE ARAT after CIMT, no significant variation in the score between before and after CIMT of the FESUE, decreased in time to preparation the table and application of FESUE in both scales and the factorial analysis showed two and three qualitative components in FESUE ARAT and WMFT, respectively. Conclusions: Both FESUE can measure the therapeutics gains of CIMT, with high reproducibility, but the time for application and preparation of the table are minor in FESUE ARAT and only the FESUE WMFT shows the qualitative component “laterality”.

Introdução: A Terapia por Contensão Induzida (TCI) ou Constraint-induced Movement Therapy é uma intervenção que tem como objetivo a recuperação do membro superior afetado de pacientes hemiparéticos devido à lesão encefálica. É aplicada através de um tratamento intensivo durante duas semanas consecutivas, com seis horas diárias de exercícios e uso de uma tipóia, durante 90% do dia, no membro superior não-afetado. O ganho motor da TCI é validado através das escalas funcionais de avaliação do membro superior (EFAMS) Wolf Motor Function Test (WMFT) e Action Research Arm Test (ARAT). Objetivo: Realizar uma análise comparativa entre ambas as EFAMS. Métodos: As EFAMS foram aplicadas em quatro períodos distintos em 17 pacientes com o diagnóstico de acidente vascular cerebral isquêmico, que realizaram individualmente a TCI durante duas semanas com seis horas diárias de exercícios e após foi feito uma análise comparativa entre as EFAMS em relação ao tempo de aplicação, tempo de preparação da mesa, reprodutibilidade e análise fatorial. Resultados: Diminuição no escore da EFAMS WMFT e aumento no escore da EFAMS ARAT pós TCI, não houve variação significativa dos escores entre os períodos pré e pós TCI das EFAMS, diminuição do tempo de preparação da mesa e aplicação de ambas as EFAMS pós TCI e a análise fatorial detectou dois e três componentes qualitativos na EFAMS ARAT e WMFT, respectivamente. Conclusões: Ambas as EFAMS conseguem mensurar o ganho motor da TCI, com alta reprodutibilidade, sendo que o tempo de aplicação e preparação da mesa é menor na EFAMS ARAT e somente a EFAMS WMFT apresenta o componente qualitativo “lateralidade”.
Palavra-chave Acidente vascular cerebral/reabilitação
Extremidade superior/fisiologia
Recuperação de função fisiológica
Avaliação da deficiência
Estudo comparativo
Stroke/rehabilitation
Constraint-induced movement therapy
Wolf Motor Function Test
Upper extremity/physiology
Comparative study
Recovery of function
Disability evaluation
Action Research Arm Test
Idioma Português
Data de publicação 2008-07-30
Publicado em ASSIS, Rodrigo Deamo. Análise comparativa entre as escalas funcionais do membro superior WMFT e ARAT utilizadas na avaliação da terapia por contensão induzida em pacientes com AVC isquêmico. 2008. Tese (Doutorado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2008.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 92 p.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/8898

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publico-159.pdf
Tamanho: 956.0KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta