Alterações no perfil lipídico durante o primeiro ano após o transplante renal: Fatores de risco e a influência do regime imunossupressor

Alterações no perfil lipídico durante o primeiro ano após o transplante renal: Fatores de risco e a influência do regime imunossupressor

Título alternativo Lipid profile changes during the first year after kidney transplantation: Risk factors and influence of the immunosuppressive drug regimen
Autor Spinelli, Glaucio Amaral Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Pestana, Jose Osmar Medina Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Aim: Dyslipidemia is a recognized risk factor associated with cardiovascular events after kidney transplantation, Cyclosporine (CSA), tacrolimus (TAC), mycophenolate (MMF), sirolimus (SRL), everolimus (EVR) and prednisone have differential effects on the development of dyslipidemia, This study analyzed the incidence, time-course, severity and risk factors associated with dyslipidemia during the first year after kidney transplantation, Methods: In a cohort of 474 kidney transplant recipients [CSA/SRL (n=137), CSA/MMF (n=58), CSA/EVR (n=47), SRL/MMF (n=32), TAC/SRL (n=86), TAC/MMF (n=114)] we evaluated the influence of demographics, clinical ouCOLomes and statin use on lipid profile changes [total cholesterol (TC), triglycerides (TG), HDL-C, LDL-C, non-HDL-C, COL/HDL-C, LDL-C/HDL-C, TG/HDL-C] during the first year after transplantation, Results: Lipid profile was within recommended ranges in 28% of patients pretransplant and in 10% at one year, with 27% of them receiving statins, LDL-C could not be measured due to high TG concentrations in 20% of patients, At one year, LDL-C < 100 mg/dl was observed in 31,8% of patients, Within this group around 35% of patients still showed lipid fractions or ratios outside recommended target concentrations, Age, gender, time on dialysis, new onset diabetes mellitus, use of CSA or SRL/EVR and dose of prednisone were independent risk factors associated with dyslipidemia at one year, Conclusion: One year after transplant dyslipidemia is almost universal, Modifiable risk factors include the type and dose of immunosuppressive drugs, he variable changes in all lipid fractions and ratios may limit proper therapeutic interventions.

Objetivo: Dislipidemia é um fator de risco reconhecido, associado a eventos cardiovasculares (ECV) após o transplante de rim. Ciclosporina (CSA), tacrolimo (TAC), micofenolato mofetil (MMF), sirolimo (SRL), everolimo (EVR) e prednisona têm efeitos diferentes no desenvolvimento da dislipidemia. Este estudo analisou a incidência, a evolução ao longo do tempo, a gravidade e os fatores de risco associados a dislipidemia durante o primeiro ano após o transplante de rim. Métodos: Em uma coorte de 474 receptores de transplante renal [CSA/SRL (n=137), CSA/MMF (n=58), CSA/EVR (n=47), SRL/MMF (n=32), o TAC/SRL (n=86), TAC/MMF (n=114)], foram avaliados a influência dos dados demográficos e clínicos e o uso de estatina sobre as alterações no perfil lipídico durante o primeiro ano póstransplante. Resultados: O perfil lipídico mostrou-se dentro das metas recomendadas em 28% dos receptores no pré-transplante e em 10% após um ano, sendo que 27% deles receberam estatinas. Devido à alta concentração de TG, em 20% dos receptores o LDL-C não pode ser calculado. Em um ano, concentrações do LDL-C < 100 mg/dL foram observadas em 31,8% dos receptores. Dentro deste grupo, cerca de 35% dos receptores ainda apresentavam um perfil lipídico (frações e razões lipídicas) fora das concentrações alvo recomendadas. Idade, sexo, tempo de diálise, nova incidência de diabetes mellitus (NODAT), uso de CSA ou SRL/EVR e dose de prednisona foram fatores de risco independentes associados a dislipidemia durante o primeiro ano de transplante. Conclusão: Um ano após o transplante, dislipidemia é quase universal. Fatores de risco foram diferentes dependendo do tipo e a dose das drogas imunossupressoras. As alterações nas concentrações de todas as frações e razões lipídicas podem limitar intervenções terapêuticas adequadas.
Palavra-chave Dyslipidemias
Imunossupressão
Transplante renal
Hyperlipidemias
Transplante de rim
Dislipidemias
Hiperlipidemias
Immunosuppression
Kidney Transplantation
Idioma Português
Data de publicação 2010-07-28
Publicado em SPINELLI, Glaucio Amaral. Alterações no perfil lipídico durante o primeiro ano após o transplante renal: Fatores de risco e a influência do regime imunossupressor. 2010. Tese (Doutorado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2010.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 138 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/8887

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Retido-214a.pdf
Tamanho: 1.364MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo
Nome: Retido-214b.pdf
Tamanho: 898.9KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta