Achados clínicos e polissonográficos de pacientes com bócio volumoso submetidos à tireoidectomia

Achados clínicos e polissonográficos de pacientes com bócio volumoso submetidos à tireoidectomia

Título alternativo Clinical and polysomnographic findings in patients with large goiter underwent thyroidectomy
Autor Haddad, Leonardo Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Abrahão, Marcio Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Objective: To evaluate the prevalence of the syndrome of obstructive sleep apnea (OSA) in a group of patients with large goiter and determine the impact of thyroidectomy on clinical, anthropometric and polysomnographic findings. Method: 24 patients with euthyroid goiter within volume exceeding 100 ml were included. Patients were subjected to physical examination, sleep questionnaires and baseline polysomnography performed in a sleep laboratory. Following this assessment patients were referred for thyroidectomy, and three months after surgery, were again subjected to the same initial protocol. After data collection the patients were divided into two groups, one with OSA and another group without OSA (NOSA). The anthropometric, clinical and polysomnography parameters found preoperatively were compared to the same findings postoperatively, both in whole group (OSA + NOSA), and in the group with OSA only. Results: 70.8% of patients have OSA (p = 0.004). After thyroidectomy as data found statistically significant: (a) lower neck circumference postoperatively in both the whole group, as in the OSA group, (2) Postoperative improvement in the Epworth Sleepiness Scale, score for quality of sleep and Berlin questionnaire suggestive of OSA in both the whole group and in the OSA group, (3) Reduction of postoperative sleep N1 of the whole group. Data without statistical significance: (4) Body mass index in both the whole group, as in the OSA group, (5) Complaint of habitual snoring in both the whole group, as in the OSA group, (6) All polysomnographic parameters (except N1 for the whole group) in both the whole group, as in the OSA group. Conclusion: There is a high prevalence of OSA in patients with large goiter. After thyroidectomy there is an improvement of subjective parameters related to sleep (sleep questionnaires), which is not observed for the objective polysomnographic parameters.

Objetivo: Avaliar a prevalência da Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono (SAOS) num grupo de pacientes com bócio volumoso e determinar o impacto da tireoidectomia nos parâmetros clínicos e polissonográficos desses pacientes. Método: Foram selecionados 24 pacientes com diagnóstico de bócio com volume superior a 100 ml, eutireóideos com indicação de tireoidectomia. Os pacientes foram submetidos a exame físico, questionários de sono e polissonografia basal. Realizouse a tireoidectomia e efetuou-se uma reavaliação três meses após a cirurgia. Os pacientes foram divididos em dois grupos: com SAOS e sem SAOS (NSAOS). Os parâmetros antropométricos, clínicos e principais dados da polissonografia obtidos no pré-operatório foram comparados aos mesmos achados no pós-operatório, tanto no grupo todo - SAOS + NSAOS -, quanto no grupo com SAOS apenas. Resultado: 70,8% dos pacientes estudados apresentavam SAOS (p=0,004). Após realização de tireoidectomia, foram encontrados como dados estatisticamente significantes: (1) Menor circunferência cervical no pós-operatório tanto no grupo todo, quanto no grupo SAOS; (2) Melhora no pós-operatório da Escala de Sonolência de Epworth, da nota para a qualidade do sono e do questionário de sono de Berlin sugestivo de SAOS, tanto no grupo todo, quanto no grupo SAOS; (3) Diminuição do sono N1 no pós-operatório do grupo todo. Dados sem significância estatística: (4) Índice de massa corpórea tanto no grupo todo, quanto no grupo SAOS; (5) Queixa de ronco habitual tanto no grupo todo, quanto no grupo SAOS; (6) Todos os parâmetros polissonográficos, com exceção do N1 no grupo todo, tanto no grupo todo, quanto no grupo SAOS. Conclusão: Há uma alta prevalência de SAOS em pacientes com bócio volumoso. Após a realização de tireoidectomia, observa-se uma melhora dos parâmetros subjetivos relacionados ao sono - questionários de sono -, o que não é observado para os parâmetros polissonográficos.
Palavra-chave Exame físico
Apnéia do sono tipo obstrutiva
Polissonografia
Tiroidectomia
Bócio
Idioma Português
Data de publicação 2010-06-30
Publicado em HADDAD, Leonardo. Achados clínicos e polissonográficos de pacientes com bócio volumoso submetidos à tireoidectomia. 2010. Tese (Doutorado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2010.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 89 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/8868

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Retido-440a.pdf
Tamanho: 1.377MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo
Nome: Retido-440b.pdf
Tamanho: 1.603MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo
Nome: Retido-440c.pdf
Tamanho: 681.2KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta