A soro diferença para o HIV no contexto da conjugalidade

A soro diferença para o HIV no contexto da conjugalidade

Título alternativo To care couples of mixed HIV Status
Autor Silva, Neide Gravato da Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Oliveira, Eleonora Menicucci de Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Saúde coletiva - São Paulo
Resumo The interface of the affective relations with the HIV infection involves sexual questions of the infection form, monogamy, relations between the sorts, expectations with the loving relation and the answers found for maintenance of the steady relationship, after the revelation of the HIV diagnosis in one of the partners The antiretroviral therapy brings a new hope to these couples, an improvement in life quality and a mortality reduction. The new techniques of post sexual exposition prophylaxis, the sperm laundering for couples who want to have children and the available medicines to reduce the vertical transmission, help to enlarge the set of offers to serum discordant couples. Therefore, the therapeutic adverse effects may difficult the marriage convivence, the lipodistrophy, the erectile dysfunction disturbing the sexual relationship, the depression charts, diabetics and the lipodispidemy, forcing the changing of habits in the couple quotidian. The serum difference question hands different aspects, in the biologic point of view, it is not possible to accurate preview the exact moment when the transmission by sexual way may occur, though high vulnerability situations have been observed in which the infection doesn’t occur due to the kind of relation, level of infection capacity of the infected partner In the subjective point of view many situations can derivate from that relation transforming in a factor of conflict in the relationship, but different are the couples perceptions by the part of the HIV hander as well by its non infected partner. It is necessary that the health services discuss this demand, to facilitate the shelter of the negative partner, bringing him to this discussion with the sick person or virus holder, reducing his exposition and the increase of the epidemic cases, granting access to technologies to find ways of improving the life quality and reducing these couples vulnerability.

A soro diferença para o HIV entre casais de relacionamento estável é um fenômeno novo e pouco estudado, a aids é conhecida há cerca de vinte e cinco anos e nasceu carregada de estigma e preconceito trazendo várias propostas de segregação dos portadores do vírus. A interface das relações afetivas com a infecção envolve questões da forma de contágio, monogamia, fidelidade, relações entre os gêneros, papéis sexuais, expectativas com a relação amorosa e as respostas encontradas para manutenção do relacionamento estável, após a revelação do diagnóstico do HIV em um dos parceiros. Esta problemática traz a necessidade de conhecer as várias situações observadas após o diagnóstico do HIV,para isto desenvolveu-se um estudo qualitativo utilizando a história de vida temática que teve como objetivo estudar como os casais soro diferentes para o HIV vivem a conjugalidade e as demandas dos serviços especializados para lidar com esta problemática, com 27 cônjuges no Centro de Tratamento em Aids de Santos O processo de revelação, a interdição da sexualidade, a busca de um parceiro HIV + para facilitar a questão da revelação, a banalização do diagnóstico pelo parceiro negativo trazendo a angústia da constante exposição a um vírus mortal do parceiro negativo, o medo de infectar o parceiro negativo com falhas possíveis no sexo protegido. O advento da terapia antiretroviral traz novas esperanças a estes casais, uma melhoria significativa na qualidade de vida e uma diminuição na mortalidade em decorrência da doença, as novas técnicas de profilaxia pós-exposição sexual, a lavagem de esperma para casais que desejam ter filhos, os medicamentos disponíveis para a diminuição da transmissão vertical e o preservativo feminino vem ampliar as ofertas aos casais soro diferentes. No entanto nem sempre estes recursos são conhecidos pelos casais soro diferentes É necessário que os serviços de saúde encontrem um espaço para acolhimento do parceiro negativo, envolvendo-o nesta discussão diminuindo sua exposição e conseqüente aumento de casos da epidemia, garantido acesso a tecnologias para encontrar formas de melhorar a qualidade de vida e diminuir a vulnerabilidade destes casais.
Assunto Aids
Conjugalidade 4 casais
Soro diferença
Síndrome de imunodeficiência adquirida
HIV
Idioma Português
Data 2010-02-24
Publicado em SILVA, Neide Gravato da. A soro diferença para o HIV no contexto da conjugalidade. 148 f. 2010. Tese (Doutorado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2010.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 148 f.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/8852

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: Tese-11882.pdf
Tamanho: 832.3Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)