Educação, educação matemática e teoria cultural da objetivação: uma conversa com Luis Radford

Educação, educação matemática e teoria cultural da objetivação: uma conversa com Luis Radford

Título alternativo Education, mathematics education and the cultural theory of objectification: a conversation with Luis Radford
Autor Moretti, Vanessa Dias Autor UNIFESP Google Scholar
Panossian, Maria Lúcia Google Scholar
Moura, Manoel Oriosvaldo de Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Universidade de São Paulo (USP)
Resumo Luis Radford is a professor at Laurentian University in Sudbury, Ontario, Canada. He has taught in the Education program at The École des Sciences de l’Éducation since 1992, where he is currently director and coordinates the Research Laboratory of Cultural Semiotics and Mathematical Thinking. Education Professor of the University of Manchester in the United Kingdom, he is president of the International Study Group on Relations between the History and Pedagogy of Mathematics, affiliated to International Commission on Mathematical Instruction (ICMI). Author of several scientific articles in which he relates complex topics such as history, culture, teaching and learning, Luis Radford is an internationally recognized researcher in the field of mathematics education, having received the Hans Freudenthal Medal of ICMI in 2011. In an interview during his stay in Brazil, in March 2014, Luis Radford revealed some paths of his education and summarized some of the elements and principles that guide the cultural theory of objectification on the processes of teaching and learning and, in particular, how this theoretical concept relates to the research on mathematics education. He also discussed some strategies and methodological research techniques with teachers and students, in longitudinal projects that allow tracing the cultural development of children. Finally, Professor Luis Radford discussed general questions related to curriculum guidelines in Brazil, understood as a country with important cultural and social diversity. The reading of this interview points to the relevance of research on the processes of teaching and learning, specifically those related to mathematical knowledge, and provides elements for discussion about the processes of teacher education that are aimed at educating subjects to their maximum potential, in spite of social and cultural determinants.

Luis Radford é professor titular da Laurentian University em Sudbury, Ontário, no Canadá. Desde 1992, leciona no programa de formação de professores da École des Sciences de l’Éducation, onde é atualmente diretor e coordenador do Laboratório de Pesquisa em Semiótica Cultural e Pensamento Matemático. Professor de Educação da Universidade de Manchester, no Reino Unido, é presidente do Grupo Internacional de Estudos sobre as relações entre a História e a Pedagogia da Matemática, afiliado à International Commission on Mathematical Instruction (ICMI). Autor de diversos artigos científicos nos quais relaciona temas complexos como história, cultura, ensino e aprendizagem, Luis Radford é internacionalmente reconhecido como pesquisador da área da educação matemática, tendo recebido em 2011 a Medalha Hans Freudenthal do ICMI. Na entrevista concedida durante sua estadia no Brasil, em março de 2014, Luis Radford revela alguns de seus caminhos de formação e sintetiza alguns dos elementos e princípios que orientam a Teoria Cultural da Objetivação sobre os processos de ensino e aprendizagem e, em particular, de que forma essa concepção teórica se relaciona com o campo de pesquisa da educação matemática. Na entrevista, são abordadas ainda algumas estratégias e técnicas metodológicas de pesquisa com professores e alunos, em projetos longitudinais que permitem traçar o desenvolvimento cultural da criança. Por fim, o professor Luis Radford aborda questões gerais relacionadas às orientações curriculares no Brasil, compreendido como um país com importante diversidade cultural e social. A leitura dessa entrevista remete à atualidade das pesquisas sobre os processos de ensino e aprendizagem, de forma específica daqueles relacionados ao conhecimento matemático, bem como oferece elementos para a discussão sobre os processos de formação de professores que visem à formação do sujeito em suas máximas potencialidades, ainda que condicionado por determinantes sociais e culturais.
Palavra-chave Education
Mathematics education
Theory of objectification
Social practice
Consciousness
Educação
Educação matemática
Teoria da objetivação
Prática social
Consciência
Idioma Português
Data de publicação 2015-03-01
Publicado em Educação e Pesquisa. Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, v. 41, n. 1, p. 243-260, 2015.
ISSN 1517-9702 (Sherpa/Romeo)
Publicador Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo
Extensão 243-260
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1517-97022015410100201
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1517-97022015000100243 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/8800

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1517-97022015000100243.pdf
Tamanho: 2.980MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta