Comunicação entre trabalhadores de saúde e usuários no cuidado à criança menor de dois anos no contexto de uma unidade de saúde da família

Comunicação entre trabalhadores de saúde e usuários no cuidado à criança menor de dois anos no contexto de uma unidade de saúde da família

Título alternativo Communication of healthcare workers and users in caring for children under two years old in the context of a family health unit
Comunicación entre trabajadores de la salud y usuarios en el cuidado a niños menores de dos años en el contexto de una unidad de salud de la familia
Autor Coriolano-Marinus, Maria Wanderleya de Lavor Google Scholar
Andrade, Rebecca Soares de Google Scholar
Ruiz-Moreno, Lidia Autor UNIFESP Google Scholar
Lima, Luciane Soares de Google Scholar
Instituição Universidade Federal de Pernambuco Departamento de Enfermagem
Fundação Oswaldo Cruz Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade Federal de Pernambuco
Resumo The study aimed to ascertain the conceptions that health workers and users have regarding communication in caring for children under two years old using the Habermas Communicative Action Theory. This was a qualitative study in which the data-gathering technique consisted of semi-structured interviews with healthcare workers and the caregivers of children under two years old in order to obtain support for studying communication. The data were subjected to thematic content analysis. Two thematic categories were identified an instrumental category, given that its characteristics were geared to the domain and information transfers; and another one called the shared category, since it was understood as communion of knowledge between healthcare workers and users, containing approximations to the assumptions of Communicative Action Theory. It was suggested that changes to the context studied should be made, from the perspective of constructing of communicative dialogue practices.

El objetivo del estudio fue conocer la concepción que trabajadores de la salud y usuarios tienen sobre la comunicación en el cuidado a los niños menores de dos años, adoptando la Teoría de la Acción Comunicativa de Habermas. Estudio cualitativo que tuvo, como técnica de colecta, entrevistas semi-estructuradas con trabajadores de la salud y cuidadoras de niños menores de dos años, para obtener subsidios para el estudio de la comunicación. Los datos se sometieron a análisis de contenido temático. Se identificaron dos categorías temáticas: una instrumental, por sus características enfocadas en el dominio y traspaso de informaciones y la otra denominada compartida, por entenderse como comunión de saberes entre el trabajador de la salud y el usuario, conteniendo aproximaciones a los supuestos de la Teoría de la Acción Comunicativa. Se sugieren cambios en el contexto estudiado, en la perspectiva de construcción de prácticas comunicativas dialógicas.

O estudo teve como objetivo conhecer a concepção que trabalhadores de saúde e usuários possuem sobre a comunicação no cuidado à criança menor de dois anos, adotando a Teoria da Ação Comunicativa de Habermas. Trata-se de estudo qualitativo que teve como técnica de coleta entrevistas semiestruturadas com trabalhadores de saúde e cuidadoras de crianças menores de dois anos, de modo a obter subsídios para o estudo da comunicação. Os dados foram submetidos à analise de conteúdo temática. Identificaram-se duas categorias temáticas, a partir do referencial teórico proposto: uma instrumental, por suas características voltadas ao domínio e repasse de informações; e outra, denominada compartilhada, por ser entendida como comunhão de saberes entre o trabalhador de saúde e usuário, contendo aproximações aos pressupostos da Teoria da Ação Comunicativa. Sugerem-se mudanças no contexto estudado, na perspectiva de construção de práticas comunicativas dialógicas.
Palavra-chave Communication
Family health
Child care
Health education
Comunicação
Saúde da Família
Cuidado da criança
Educação em Saúde
Idioma Português
Data de publicação 2015-01-01
Publicado em Interface - Comunicação, Saúde, Educação. UNESP, v. 00, n. ahead, p. 00-00, 2015.
ISSN 1414-3283 (Sherpa/Romeo)
Publicador UNESP
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/1807-57622013.0552
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1414-32832015005030552 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/8775

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1414-32832015005030552.pdf
Tamanho: 368.8KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta