Adequação dos descritores em Ciências da Saúde para a indexação de dissertações acadêmicas, na área de doenças respiratórias

Adequação dos descritores em Ciências da Saúde para a indexação de dissertações acadêmicas, na área de doenças respiratórias

Título alternativo Suitability of Health Science key words for indexing master's degree theses and dissertations in the area of respiratory diseases
Autor Rosas, Patrícia Google Scholar
Guimarães, Carlos Alberto Google Scholar
Júdice, Luiz Felippe Google Scholar
Pereira, Carlos Alberto de Castro Autor UNIFESP Google Scholar
Válio, Else Benetti Marques Google Scholar
Instituição Universidade Federal do Rio de Janeiro Instituto de Doenças do Tórax
Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Universidade Federal do Rio de Janeiro
Universidade Federal Fluminense
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pontifícia Universidade Católica de Campinas Departamento de Pós-Graduação em Biblioteconomia
Resumo INTRODUCTION: The process of indexing consisted of two phases: firstly, to identify and represent the intellectual contents of a document; and secondly, the translation of the subject analysis into a specified language, with the aid of key words. At the Instituto de Doenças do Tórax da UFRJ medical library, the indexing was performed through a controlled vocabulary - the MeSH (Medical Subject Headings). The purpose of this study was to identify if the authors' subject headings were adequate for indexing Master's degree theses and dissertations on respiratory diseases. METHOD: The key words of 29 Master theses and dissertations, from 1990 through 1996, were studied. RESULTS: The data collection showed that 29 authors employed 101 key words (3.48 headings/author). Among the 101 key words, 47 (47%) were adequate. CONCLUSION: Forty-seven per cent of the key words employed, on Master's degree theses and dissertations on respiratory diseases (IDT-UFRJ, 1990-1996), were adequate.

INTRODUÇÃO: O processo de indexação consiste em duas fases: primeira, identificar e representar o conteúdo intelectual de um documento; segunda, traduzir a análise do assunto para uma linguagem específica, utilizando descritores. Na biblioteca do Instituto de Doenças do Tórax da UFRJ, a indexação era realizada por meio de um vocabulário controlado - DeCS (Descritores em Ciências da Saúde). O objetivo deste trabalho foi verificar se são adequados, para indexação, os descritores empregados pelos autores de teses e dissertações de mestrado, na área de doenças respiratórias. MÉTODO: Os descritores de 29 teses e dissertações de mestrado em Tisiologia e Pneumologia, de 1990 a 1996, foram estudados. RESULTADOS: A coleta de dados evidenciou que 29 autores empregaram 101 descritores (3,48 descritores/autor). Dos 101 descritores, 47 (47%) eram adequados. CONCLUSÃO: Quarenta e sete por cento dos descritores empregados, nas teses e dissertações do Curso de Mestrado em Tisiologia e Pneumologia do IDT-UFRJ (1990 a 1996), são adequados segundo o DeCS.
Palavra-chave Abstracting and indexing
Key words
Dissertations, academic
Respiratory tract diseases
Resumos e indexação
Descritores
Dissertações acadêmicas
Doenças respiratórias
Idioma Português
Data de publicação 1999-12-01
Publicado em Jornal de Pneumologia. Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia, v. 25, n. 6, p. 309-312, 1999.
ISSN 0102-3586 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia
Extensão 309-312
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0102-35861999000600003
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0102-35861999000600003 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/875

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0102-35861999000600003.pdf
Tamanho: 32.01KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta