Sociologia demais

Título alternativo Too much sociology
Autor Moreschi, Marcelo Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo This text was originally published as the editorial for the 16th issue of the journal n+1. It calls attention to the way in which a sociological perspective, which reduces works to bearers of symbolic capital, became naturalized and replaced what once used to be thought as aesthetic concerns in literary studies.

Ce texte a été d'abord publié comme éditorial du numéro 16 de la revue littéraire américaine n+1, en avril 2013. Il attire attention à la façon dont une visée sociologique, qui réduit les œuvres à des véhicules de capital symbolique, s'est substituée à une préoccupation esthétique dans les études littéraires.

Este texto foi originalmente publicado como editorial no número 16 da revista literária americana n+1, em abril de 2013. Ele chama a atenção para a naturalidade com que uma visada sociológica, que reduz as obras a veículos de capital simbólico, substituiu uma preocupação estética nos estudo literários.
Palavra-chave Sociology
aesthetics
literature
Sociologia
estética
literatura
Idioma Português
Data de publicação 2014-12-01
Publicado em Alea : Estudos Neolatinos. Programa de Pos-Graduação em Letras Neolatinas, Faculdade de Letras -UFRJ, v. 16, n. 2, p. 277-286, 2014.
ISSN 1517-106X (Sherpa/Romeo)
Publicador Programa de Pos-Graduação em Letras Neolatinas, Faculdade de Letras -UFRJ
Extensão 277-286
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1517-106X2014000200002
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1517-106X2014000200277 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/8723

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1517-106X2014000200277.pdf
Tamanho: 195.9KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta