Effect of maternal diabetes on female offspring

Effect of maternal diabetes on female offspring

Título alternativo Efeito do diabetes materno na prole feminina
Autor Martins, Juliana De Oliveira Google Scholar
Panício, Maurício Isaac Google Scholar
Dantas, Marcos Paulo Suehiro Google Scholar
Gomes, Guiomar Nascimento Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Objective To evaluate the effect of maternal diabetes on the blood pressure and kidney function of female offspring, as well as if such changes exacerbate during pregnancy. Methods Diabetes mellitus was induced in female rats with the administration of streptozotocin in a single dose, one week before mating. During pregnancy, blood pressure was measured through plethysmography. On the 20th day of pregnancy, the animals were placed for 24 hours in metabolic cages to obtain urine samples. After the animals were removed from the cages, blood samples were withdrawn. One month after pregnancy, new blood and urine sample were collected. Kidney function was evaluated through proteinuria, plasma urea, plasma creatinine, creatinine excretion rate, urinary flow, and creatinine clearance. Results The female offspring from diabetic mothers showed an increase in blood pressure, and a decrease in glomerular filtration rate in relation to the control group. Conclusion Hyperglycemia during pregnancy was capable of causing an increase in blood pressure and kidney dysfunction in the female offspring.

Objetivo Avaliar o efeito do diabetes materno sobre a pressão arterial e a função renal da prole feminina, bem como verificar se as alterações observadas se exacerbam durante a prenhez. Métodos O diabetes mellitus foi induzido em ratas com a administração de estreptozocina em dose única, uma semana antes do cruzamento. Durante a prenhez, foram feitas medidas da pressão arterial por pletismografia. No 20o dia da prenhez, os animais foram colocados durante 24 horas em gaiolas metabólicas para obtenção de amostras de urina. Após a retirada dos animais das gaiolas, foram obtidas amostras de sangue. Um mês após a prenhez, foram obtidas novas amostras de sangue e urina para as determinações. A função renal foi avaliada por meio de proteinúria, ureia plasmática, creatinina plasmática, carga excretada de creatinina, fluxo urinário e clearance de creatinina. Resultados As fêmeas da prole de mães diabéticas apresentaram elevação da pressão arterial e redução do ritmo de filtração glomerular em relação ao grupo controle. Conclusão A hiperglicemia durante a gestação foi capaz de causar elevação da pressão arterial e disfunção renal na prole de sexo feminino.
Palavra-chave Pregnancy, animal
Fetal development
Diabetes mellitus, experimental
Hypertension
Urea
Creatinine
Streptozocin/administration & dosage
Prenhez
Desenvolvimento fetal
Diabetes mellitus experimental
Hipertensão
Ureia
Creatinina
Estreptozocina/administração & dosagem
Idioma Inglês
Data de publicação 2014-12-01
Publicado em Einstein (São Paulo). Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein, v. 12, n. 4, p. 413-419, 2014.
ISSN 1679-4508 (Sherpa/Romeo)
Publicador Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein
Extensão 413-419
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1679-45082014AO3200
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1679-45082014000400413 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/8711

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1679-45082014000400413.pdf
Tamanho: 926.2KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta