Custos da poluição atmosférica nas regiões metropolitanas brasileiras

Custos da poluição atmosférica nas regiões metropolitanas brasileiras

Título alternativo Costs of air pollution in Brazilian metropolitan regions
Autor Miraglia, Simone Georges El Khouri Autor UNIFESP Google Scholar
Gouveia, Nelson Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade de São Paulo (USP)
Resumo This study evaluated the economic impact of health events associated with air pollution in Brazilian metropolitan regions. From the estimated mortality attributable to concentrations of particulate matter (PM) in 29 metropolitan areas, with a total of 20,050 deaths, the costs associated with mortality were calculated by means of the use of DALY (Disability Adjusted Life Years) methodology. The cost of premature deaths in Brazil resulted in $ 1.7 billion annually. Translating losses in public health to economic values served to compare this data with the expense budget of the Ministry of Health and highlight priorities in decision-making of public policies that minimize the magnitude of these impacts.

O presente estudo avaliou o impacto econômico de eventos de saúde associados com a poluição do ar em regiões metropolitanas brasileiras. A partir de estimativa da mortalidade atribuível às concentrações de Material Particulado (MP) em 29 Regiões Metropolitanas, que totalizaram 20.050 óbitos, foram calculados os custos associados a essa mortalidade por meio da metodologia DALY (Disability Adjusted Life Years). O custo das mortes prematuras no Brasil resultou em US$ 1,7 bilhão anualmente. A tradução de perdas em saúde pública para valores econômicos serviu para comparar com o orçamento de gastos do Ministério da Saúde e evidenciar as prioridades na tomada de decisão de políticas públicas que minimizem a magnitude desses impactos.
Palavra-chave Air pollution
Mortality
Costs and cost analysis
Brazil
Poluição do ar
Mortalidade
Custos e análise de custos
Brasil
Idioma Português
Data de publicação 2014-10-01
Publicado em Ciência & Saúde Coletiva. ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva, v. 19, n. 10, p. 4141-4147, 2014.
ISSN 1413-8123 (Sherpa/Romeo)
Publicador ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Extensão 4141-4147
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/1413-812320141910.09232014
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1413-81232014001004141 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/8629

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1413-81232014001004141.pdf
Tamanho: 106.1KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta