Escore de avaliação de risco pré-transplante: metodologia e a importância das características socioeconômicas

Escore de avaliação de risco pré-transplante: metodologia e a importância das características socioeconômicas

Título alternativo Risk assessment score in pre-kidney transplantation: methodology and the socioeconomic characteristics importance
Autor Gusukuma, Luciana Wang Google Scholar
Tedesco-Silva Junior, Hélio Autor UNIFESP Google Scholar
Pestana, Jose Osmar Medina Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Introduction: Kidney transplantation is performed in emergency conditions in a population with high perioperative risk. Instruments for risk assessment before transplantation in this population are scarce. Objective: To develop a score with pretransplant variables to estimate the probability of success of kidney transplantation, defined as survival of the recipient and the graft with creatinine < 1.5 mg/dl at 6 months. Methods: Analysis of variables of patients from a unique kidney transplantation center in São Paulo. Logistic regression was used to construct an equation with variables able to estimate the probability of success. Integer points were assigned to variables for score construction. Results:Of the 305 patients analyzed, 176 (57.7%) achieved success. Of the 23 variables identified by univariate analysis, 21 were included in the logistic regression model and 10 that remained independently associated with success, were used in the score. Four of these 10 variables were socioeconomic. It was great (area under the ROC curve 0.817) the power of discrimination between groups success and not success and adequate (Hosmer and Lemeshow = 0.672) the agreement between frequencies of the probabilities estimated by equation and frequencies of probabilities actual observed. There were correlation (0.982) between the estimated probability via the scoring system and the estimated probabilities via logistic regression. Conclusion: Point score simplified risk stratification of transplant candidate according to their probability of success. Socioeconomic variables influence the success, demonstrating the need for creation of prognostic tools utilizing clinical and demographic variables of our population.

Introdução: O transplante renal é realizado em condições de urgência em uma população com elevado risco perioperatório. Instrumentos de avaliação de risco pré-transplante nesta população são escassos. Objetivo: Construir um escore com variáveis pré-transplante para estimar a probabilidade de sucesso do transplante renal, definido como sobrevida do receptor e do enxerto, com creatinina < 1,5 mg/dl no 6º mês. Métodos: Análise das variáveis de pacientes de um centro único e especializado em transplante renal em São Paulo. A regressão logística foi utilizada para construção da equação com as variáveis capazes de estimar a probabilidade de sucesso. Atribuímos pontos inteiros às variáveis para a construção do escore. Resultados: Dos 305 pacientes analisados, 176 (57,7%) atingiram o sucesso. Das 23 variáveis identificadas pela análise univariada, 21 foram incluídas no modelo de regressão logística e as 10 que se mantiveram independentemente associadas com o sucesso foram utilizadas na construção do escore. Quatro destas 10 variáveis eram socioeconômicas. Foi ótimo (área sob a curva ROC = 0,817) o poder de discriminação entre os grupos sucesso e não sucesso e adequado (teste de Hosmer e Lemeshow = 0,672) o grau de concordância entre as frequências das probabilidades estimadas pela equação e as frequências das probabilidades reais observadas. Houve correlação (0,982) entre as probabilidades estimadas via sistema de pontuação e regressão logística. Conclusão: O escore de pontos apresentado simplificou a estratificação do risco do candidato ao transplante conforme a probabilidade de sucesso. As variáveis socioeconômicas exerceram influência no sucesso, demonstrando a necessidade da criação de instrumentos prognósticos utilizando as variáveis clínico-demográficas da nossa população.
Palavra-chave kidney transplantation
measures of association
exposure
risk
outcome
odds ratio
risk factors
fatores de risco
medidas de associação
exposição
risco
desfecho
razão de chances
transplante de rim
Idioma Português
Data de publicação 2014-09-01
Publicado em Jornal Brasileiro de Nefrologia. Sociedade Brasileira de Nefrologia, v. 36, n. 3, p. 339-351, 2014.
ISSN 0101-2800 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Nefrologia
Extensão 339-351
Fonte http://dx.doi.org/10.5935/0101-2800.20140049
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0101-28002014000300339 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/8567

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0101-28002014000300339.pdf
Tamanho: 386.0KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta