Measuring trauma severity using the 1998 and 2005 revisions of the Abbreviated Injury Scale

Measuring trauma severity using the 1998 and 2005 revisions of the Abbreviated Injury Scale

Título alternativo La medición de la gravedad del trauma con las versiones de la abbreviated injury scale de 1998 y 2005
Mensuração da gravidade do trauma com as versões 1998 e 2005 da Abbreviated Injury Scale
Autor Lopes, Maria Carolina Barbosa Teixeira Google Scholar
Whitaker, Iveth Yamaguchi Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Objetivo: Comparar a gravidade das lesões e do trauma mensurada pelas versões da Abbreviated Injury Scale 1998 e 2005 e verificar a mortalidade nos escores Injury Severity Score e New Injury Severity Score nas duas versões.Método: Estudo transversal e retrospectivo analisou lesões de pacientes de trauma, de três hospitais universitários do município de São Paulo, Brasil. Cada lesão foi codificada com Abbreviated Injury Scale 1998 e 2005. Os testes estatísticos aplicados foram Wilcoxon, McNemar-Bowker, Kappa e teste Z.Resultados: A comparação das duas versões resultou em discordância significante de escores em algumas regiões corpóreas. Com a versão 2005 os níveis de gravidade da lesão e do trauma foram significantemente reduzidos e a mortalidade foi mais elevada em escores mais baixos. Conclusão: Houve redução da gravidade da lesão e do trauma e alteração no percentual de mortalidade com o uso da Abbreviated Injury Scale 2005.





Objetivo: Identificar los cuidados de enfermería prescritos para pacientes hospitalizados con riesgos de caídas y compararlos con las intervenciones de la Nursing Interventions Classifications (NIC). Método: Estudio transversal realizado en un hospital universitario del sur de Brasil. La recolección de datos fue retrospectiva en un sistema informatizado de registros de enfermería. La muestra se constituyó por 174 pacientes adultos internados en unidades clínicas y quirúrgicas con el Diagnóstico de Enfermería Riesgo de Caídas. Los cuidados prescritos fueron comparados con las intervenciones de la NIC por el método de mapeo cruzado. Resultados: Los cuidados más prevalentes fueron: mantener barandas en la cama, orientar al paciente y familia en relación a los riesgos y prevención de caídas, mantener el timbre al alcance del paciente y mantener las pertenencias cerca al paciente. Estos fueron mapeados en las intervenciones Control del Ambiente: Seguridad y Protección contra Caídas. Conclusión: Los cuidados prescritos en la práctica clínica fueron corroborados por el referencial de la NIC.

Objetivo: Comparar a gravidade das lesões e do trauma mensurada pelas versões da Abbreviated Injury Scale 1998 e 2005 e verificar a mortalidade nos escores Injury Severity Score e New Injury Severity Score nas duas versões. Método: Estudo transversal e retrospectivo analisou lesões de pacientes de trauma, de três hospitais universitários do município de São Paulo, Brasil. Cada lesão foi codificada com Abbreviated Injury Scale 1998 e 2005. Os testes estatísticos aplicados foram Wilcoxon, McNemar-Bowker, Kappa e teste Z. Resultados: A comparação das duas versões resultou em discordância significante de escores em algumas regiões corpóreas. Com a versão 2005 os níveis de gravidade da lesão e do trauma foram significantemente reduzidos e a mortalidade foi mais elevada em escores mais baixos. Conclusão: Houve redução da gravidade da lesão e do trauma e alteração no percentual de mortalidade com o uso da Abbreviated Injury Scale 2005.




Palavra-chave Wounds and injuries
Trauma severity indices
Abbreviated Injury Scale
Hospital mortality
Emergency nursing
Ferimentos e lesões
Índices de gravidade do trauma
Escala Resumida de Ferimentos
Mortalidade hospitalar
Enfermagem em emergência
Idioma Inglês
Data de publicação 2014-08-01
Publicado em Revista da Escola de Enfermagem da USP. Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem, v. 48, n. 4, p. 641-648, 2014.
ISSN 0080-6234 (Sherpa/Romeo)
Publicador Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Extensão 641-648
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0080-623420140000400010
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0080-62342014000400641 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/8515

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0080-62342014000400641.pdf
Tamanho: 443.8KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta