A importância de um questionário de avaliação de unidade curricular

A importância de um questionário de avaliação de unidade curricular

Título alternativo The relevance of a questionnaire for curricular unit assessment
Autor Santos, Maristela Reis dos Autor UNIFESP Google Scholar
Goulart, Ana Lucia Autor UNIFESP Google Scholar
Miyoshi, Milton Harumi Autor UNIFESP Google Scholar
Dos Santos, Amelia Miyashiro Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo The objective of this study was to evaluate the reliability and validity of a satisfaction questionnaire prospectively applied to the 6th year medical students of a public university who attended the neonatology course from 2000 to 2011. Of the 1,349 students, 1,314 (97.4%) answered the questionnaire. Cronbach coefficient was 0.7. The factorial analysis determined four domains: performance of professors, care at delivery room, number of neonates cared and number of classes that explained 18%, 16%, 14% and 9%, respectively of total item variance. The total score was 89.3 ± 7.6% of the maximum. The number of neonates assisted at delivery room was and 4.7 ± 3.3 and pre-test and post-test scores were 5.3 ± 0.9 and 8.8 ± 0.5, respectively. Pearson correlation between total score and post-test score was 0.7 (p = 0.010) . A positive correlation was observed between total score and quality of classes, assistance at the delivery room, performance of the neonatologist in duty and professors, assistance of neonates and hospital with conditions for education. In conclusion, the questionnaire showed adequa-te reliability and validity and student´s satisfaction score was high.

O objetivo do estudo foi analisar a confiabilidade e validade interna de um questionário de satisfação aplicado prospectivamente a alunos do sexto ano médico que frequentaram o estágio de Neonatologia em uma universidade pública de 2000 a 2011. Responderam ao questionário 1.349 (97,4%) alunos. O coeficiente de Cronbach foi 0,7. A análise fatorial determinou quatro domínios: atuação dos docentes, assistência na sala de parto, número de recém-nascidos assistidos e carga teórica, que explicaram, respectivamente, 18%, 16%, 14% e 9% da variância total. O escore de satisfação foi 89,3 ± 7,6% do escore máximo, o número de recém-nascidos recepcionados na sala de parto/aluno foi 4,7 ± 3,3, e as notas do pré-teste e pós-teste foram 5,3 ± 0,9 e 8,8 ± 0,5, respectivamente. A correlação de Pearson entre o escore total e a nota do pós-teste foi 0,7 (p = 0,010) . Houve correlação positiva entre escore de satisfação e qualidade das aulas, aproveitamento na sala de parto, atuação do plantonista e docente, atendimento ao recém-nascido e hospital com condições para o aprendizado. Concluiu-se que a confiabilidade e a validade interna do questionário foram adequadas, e o escore de satisfação do aluno foi elevado.
Palavra-chave Evaluation
Questionnaires
Reproducibility of Results
Medical Education
Neonatology
Avaliação
Questionários
Reprodutibilidade dos Testes
Educação Médica
Neonatologia
Idioma Português
Data de publicação 2014-06-01
Publicado em Revista Brasileira de Educação Médica. Associação Brasileira de Educação Médica, v. 38, n. 2, p. 190-197, 2014.
ISSN 0100-5502 (Sherpa/Romeo)
Publicador Associação Brasileira de Educação Médica
Extensão 190-197
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0100-55022014000200005
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0100-55022014000200005 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/8437

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0100-55022014000200005.pdf
Tamanho: 247.0KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta