A eclosão dos periódicos do Brasil e cenários para o seu porvir

A eclosão dos periódicos do Brasil e cenários para o seu porvir

Título alternativo The emergence of journals of Brazil and scenarios for their future
Autor Packer, Abel Laerte Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Quality journals in Brazil have achieved remarkable progress in recent years, with an increasing presence in international bibliographic indexes and on the Web. This is primarily due to Brazilian authors from different fields of knowledge, communicating the results of their research in English and/or Portuguese. At least 80% of their original and review articles that are internationally indexed have a Brazilian affiliation, representing approximately 30% of the total indexed scientific production from Brazil. However, this national centrality has a low impact when measured by the number of citations received in the indexes in comparison to that of journals from developed countries. Despite their performance being comparable to that of journals from emerging countries, and although open access publishing results in an extraordinary number of article downloads, most journals of Brazil face the challenge of becoming qualified to compete on a national and international level for better quality manuscripts, as well as of improving their performance in the international indexes. This sought-after qualification demands that these journals overcome the inherent limitations of institutional, management, and financing conditions in which they operate, while advancing professionalization, internationalization, and innovation in the editing, publishing, and dissemination processes, in order to be aligned with international state-of-the-art standards. This article presents an overview of the main bibliometric and editorial management characteristics of the 400 journals of Brazil indexed in Scientific Electronic Library Online (SciELO), Scopus, and Web of Science (WoS). It also projects scenarios for changing the current framework by promoting journals considered as international benchmarks and the way journals are evaluated and funded.

Os periódicos de qualidade do Brasil alcançaram, nos últimos anos, um notável avanço, com a crescente presença nos índices bibliográficos internacionais e na web, impulsionados principalmente pela comunicação de resultados de pesquisa de autores brasileiros das diferentes áreas do conhecimento e com uso diferenciado dos idiomas inglês e português. Pelo menos 80% dos seus artigos originais e de revisão indexados internacionalmente têm afiliação brasileira e representam cerca de 30% do total da produção científica indexada do Brasil. Porém, essa centralidade nacional é acompanhada de baixo impacto, medido pelo número de citações recebidas nos índices, em comparação ao que obtêm os periódicos dos países desenvolvidos. Embora o desempenho seja compatível com o dos periódicos de países emergentes e a publicação em acesso aberto resulte em cifras extraordinárias de downloads de artigos, boa parte dos periódicos do Brasil enfrenta o desafio de qualificar-se para, de modo concomitante, competir nacional e internacionalmente por manuscritos de melhor qualidade e melhorar o desempenho nos índices internacionais. Essa almejada qualificação requer a superação das limitações inerentes às condições institucionais, de gestão e financiamento nas quais operam e o avanço da profissionalização, internacionalização e inovações nos processos de editoração, publicação e disseminação, alinhados ao estado da arte internacional. Este artigo apresenta um panorama das principais características bibliométricas e de gestão editorial do conjunto dos 400 periódicos do Brasil indexados no SciELO, Scopus e WoS e projeta cenários de mudança na composição atual com a promoção de periódicos de referência internacional e na forma como são avaliados e financiados.
Palavra-chave Scientific journals
Scientific communication
Scholarly Communication
Bibliometric indicators
Research Evaluation
Bibliographic
Periódicos científicos
Comunicação científica
Indicadores bibliométricos
Avaliação de pesquisa
Índices bibliográficos
Idioma Português
Data de publicação 2014-06-01
Publicado em Educação e Pesquisa. Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, v. 40, n. 2, p. 301-323, 2014.
ISSN 1517-9702 (Sherpa/Romeo)
Publicador Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo
Extensão 301-323
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1517-97022014061860
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1517-97022014000200002 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/8426

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1517-97022014000200002.pdf
Tamanho: 621.1KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta