Auditory Brainstem Response: reference-values for age

Auditory Brainstem Response: reference-values for age

Título alternativo Potencial Evocado Auditivo de Tronco Encefálico: valores de referência em relação à idade
Autor Rosa, Luana Araujo Cruz Google Scholar
Suzuki, Marcia Rumi Google Scholar
Angrisani, Rosanna Giaffredo Google Scholar
Azevedo, Marisa Frasson de Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade de São Paulo (USP)
Resumo PURPOSE:To study the absolute latencies of waves I , III and V and interpeak I-III , III-V and I-V of Auditory brainstem responses obtained in preterm newborns in relation to post-conceptual age, term newborns and six months of age infants, establishing reference values ​​for each age group.METHODS:Retrospective study realized through the analysis of tests performed on 80 infants divided into four groups, being the group one composed per newborns assessed between 35 and 36 weeks post-conceptual age; group two by newborns assessed between 37 and 38 weeks; group three with newborns reviewed between 39 to 40 weeks; and group four with infants evaluated with six months.RESULTS:The wave I absolute latency in the group one was 1.81 ms, decreasing to 1.79 ms in groups two and three, and to 1.70 ms in group four. The wave III latency in group one was 4.74 ms, decreasing to 4.62 ms in group two, to 4.56 ms in the group three and to 4.37 ms in the group four. The wave V latency in group one was 7.14 ms, in the group two it was 7.05 ms, in the group three 6.90 ms; and in the group four it was 6.50 ms. Interpeak latencies were also decreased in all groups.CONCLUSION:The latencies studied decreased with the increasing age and were similar values ​​with the international literature.

OBJETIVO:Estudar as latências absolutas das ondas I, III e V e os intervalos interpicos I-III, III-V e I-V do potencial evocado auditivo de tronco encefálico obtidos em recém-nascidos (RN) pré-termo em relação à idade pós-conceptual e em RN a termo e aos seis meses de idade, estabelecendo valores de referência para cada grupo etário.MÉTODOS:Estudo retrospectivo realizado com a análise de exames realizados em 80 lactentes distribuídos em quatro grupos, sendo o grupo 1 composto por RN avaliados entre 35 e 36 semanas de idade pós-conceptual; o grupo 2 por RN avaliados entre 37 e 38 semanas; grupo 3 por RN avaliados entre 39 a 40 semanas; e o grupo 4 por lactentes avaliados com seis meses.RESULTADOS:A latência absoluta da onda I no grupo 1 foi 1,81 ms, reduzindo para 1,79 ms nos grupos 2 e 3 e para 1,70 ms no grupo 4. A latência da onda III no grupo 1 foi 4,74 ms, diminuindo para 4,62 ms no grupo 2, para 4,56 ms no grupo 3 e 4,37 ms no grupo 4. A latência da onda V no grupo 1 foi 7,14 ms; no grupo 2 foi 7,05 ms; no grupo 3 foi 6,90 ms; e no grupo 4 foi 6,50 ms. Os interpicos também tiveram suas latências diminuídas em todos os grupos.CONCLUSÃO:Houve diminuição das latências estudadas com o aumento da idade e semelhança dos valores com a literatura internacional.
Palavra-chave Electrophysiology
Hearing
Evoked potentials, auditory
Infant, newborn
Electrophysiology
Hearing
Evoked potentials, auditory
Infant, newborn
Idioma Inglês
Data de publicação 2014-04-01
Publicado em CoDAS. Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, v. 26, n. 2, p. 117-121, 2014.
ISSN 2317-1782 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia
Extensão 117-121
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/2317-1782/2014469IN
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S2317-17822014000200117 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/8348

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S2317-17822014000200117.pdf
Tamanho: 569.8KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta