INTERAÇÕES UNIVERSIDADE-EMPRESA E A INFLUÊNCIA DAS CARACTERÍSTICAS DOS GRUPOS DE PESQUISA ACADÊMICOS

INTERAÇÕES UNIVERSIDADE-EMPRESA E A INFLUÊNCIA DAS CARACTERÍSTICAS DOS GRUPOS DE PESQUISA ACADÊMICOS

Título alternativo UNIVERSITY-INDUSTRY LINKAGES AND THE INFLUENCE OF THE CHARACTERISTICS OF ACADEMIC RESEARCH GROUPS
Autor Garcia, Renato Google Scholar
Araújo, Veneziano Google Scholar
Mascarini, Suelene Google Scholar
Santos, Emerson Gomes dos Autor UNIFESP Google Scholar
Costa, Ariana Ribeiro Google Scholar
Instituição Universidade de São Paulo (USP)
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo There is a growing interest on university-industry linkages in the field of innovation studies, since university can be an important source of information for firms' innovative efforts. In this way, this paper aims to exam how the characteristics of academic research groups influence their interactions with firms. Using data from a survey with research groups in Brazil, an empirical model to evaluate how the characteristics of research groups impact their interactions with firms was estimated. Main results show that research groups with better academic performance, larger and linked to bigger university departments interact more with firms. Additionally, Engineering and Agricultural Sciences research groups also interact more. The main contribution of the paper is to present a better understand of the main factors that shape university-industry linkages in Brazil and how the characteristics of research groups influence their interactions.

As interações universidade-empresa vêm ganhando papel de destaque nas investigações na área dos estudos da inovação, uma vez que a universidade pode ser uma importante fonte de informações para os esforços inovativos das empresas. Com base nesse contexto, este artigo tem como objetivo avaliar como as características dos grupos acadêmicos de pesquisa influenciam suas interações com as empresas. A partir dos dados de um survey com os grupos de pesquisa no Brasil, foi estimado um modelo empírico que avalia como as características dos grupos de pesquisa impactam suas interações com empresas. Os principais resultados mostram que grupos de pesquisa com melhor desempenho acadêmico, de maior tamanho e que estão ligados departamentos universitários maiores, possuem maior número de interações. Ainda, grupos de pesquisa das áreas de Engenharia e Ciências Agrárias interagem mais com empresas. Assim, este trabalho tem como principal contribuição auxiliar a melhor compreensão dos fatores que conformam as interações universidade-empresa no Brasil e como as características dos grupos de pesquisa influenciam a interação.
Palavra-chave University-industry linkages
innovation and technology
technological learning
Interação universidade-empresa
inovação e tecnologia
aprendizado tecnológico
Idioma Português
Data de publicação 2014-04-01
Publicado em Revista de Economia Contemporânea. Instituto de Economa da Universidade Federal do Rio de Janeiro, v. 18, n. 1, p. 125-146, 2014.
ISSN 1415-9848 (Sherpa/Romeo)
Publicador Instituto de Economa da Universidade Federal do Rio de Janeiro
Extensão 125-146
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/141598481816
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1415-98482014000100125 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/8320

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1415-98482014000100125.pdf
Tamanho: 168.6KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta