Erros de medicação: estudo descritivo das classes dos medicamentos e medicamentos de alta vigilância

Erros de medicação: estudo descritivo das classes dos medicamentos e medicamentos de alta vigilância

Título alternativo Medication errors: descriptive study of medication classes and high-alert medication
Errores de medicación: estudio descriptivo de las clases de los medicamentos y medicamentos de alto riesgo
Autor Bohomol, Elena Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Objective: The study aims to present the medication classes involved in medication errors occurred at an Intensive Care Unit and to identify which are classified as high-alert medication classes. Methods: The population was composed of the documents of occurrence of errors contained in a database created for a previous investigation. We performed a secondary analysis of the available information. Results: Overall, 305 events were identified, with an average rate of 6.9 events per patient. Seventy-three medications were found, distributed among 33 classes according to their predominant action, the most frequent of which were: antibiotics (25.2%), gastric acid reducers (19.0%) and antihypertensive drugs (9.2%). Thirty-seven (12.1%) events involving high-alert medication classes were identified, corresponding to five classes, among which venous anesthetics predominated (43.3%). Conclusion: These drug types are frequently used at intensive care units and should be accurately monitored, as they can cause further damage when incorrectly used.

Objetivo: Este estudio presenta las clases de los medicamentos involucrados en los errores de medicación e identifica aquellos que son clasificados como medicamentos de alto riesgo. Métodos: La población fue compuesta de los documentos de las ocurrencias de errores contenidos en una base de datos de una investigación previa. Se realizó un análisis secundario de la información disponible. Resultados: Fueron identificados 305 eventos, resultando en un promedio de 6,9 eventos por paciente. Fueron verificados 73 medicamentos, distribuidos en 33 clases de acuerdo con su acción predominante, siendo las más frecuentes: antibióticos (25,2%), reductores de acidez gástrica (19,0%) y antihipertensivos (9,2%). Fueron identificadas 37 (12,1%) ocurrencias con medicamentos de alto riesgo, correspondientes a cinco clases. La incidencia con anestésicos venosos fue predominante (43,3%). Conclusión: Estos tipos de medicamentos son de uso frecuente en las Unidades de Terapia Intensiva y su monitoreo debe ser adecuado, ya que pueden causar daños mayores cuando utilizados de manera incorrecta.

Este estudo objetivou apresentar as classes dos medicamentos envolvidos nos erros de medicação ocorridos em Unidade de Terapia Intensiva e identificar aqueles que são classificados como medicamentos de alta vigilância.Métodos: A população foi composta pelas fichas de ocorrências de erros que constavam em um banco de dados de uma investigação prévia. Foi realizada uma análise secundária das informações disponívei Resultados: Foram identificados 305 eventos, obtendo-se média de 6,9 ocorrências por paciente. Verificaram-se 73 medicamentos distribuídos em 33 classes de acordo com sua ação predominante, sendo os mais frequentes: antibióticos (25,2%), redutores de acidez gástrica (19,0%) e anti-hipertensivos (9,2%). Foram identificadas 37 (12,1%) ocorrências com medicamentos de alta vigilância, que corresponderam às cinco classes, e a dos anestésicos venosos foi predominante (43,3%). Conclusão: Estes tipos de medicamentos são usados frequentemente nas unidades intensivas e devem ter um monitoramento acurado, uma vez que podem causar danos maiores se o seu uso for incorreto.
Palavra-chave Medication errors
Medication systems
Intensive care units
Quality of health care
Erros de medicação
Sistema de medicação
Unidade de terapia intensiva
Qualidade da assistência à saúde
Idioma Português
Data de publicação 2014-04-01
Publicado em Escola Anna Nery. Universidade Federal do Rio de Janeiro, v. 18, n. 2, p. 311-316, 2014.
ISSN 1414-8145 (Sherpa/Romeo)
Publicador Universidade Federal do Rio de Janeiro
Extensão 311-316
Fonte http://dx.doi.org/10.5935/1414-8145.20140045
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1414-81452014000200311 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/8308

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1414-81452014000200311.pdf
Tamanho: 401.7KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta