Avaliação comportamental do processamento auditivo pré e pós treinamento auditivo formal em indivíduos após traumatismo cranioencefálico

Avaliação comportamental do processamento auditivo pré e pós treinamento auditivo formal em indivíduos após traumatismo cranioencefálico

Título alternativo Behavioral assessment of auditory processing before and after formal auditory training in traumatic brain injury patients
Autor Marangoni, Andréa Tortosa Autor UNIFESP Google Scholar
Gil, Daniela Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade de São Paulo (USP)
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Purpose : To investigate the effects of formal auditory training on individuals with traumatic brain injury using behavioral tests. Methods : Nine normal hearing individuals who had severe traumatic brain injury underwent behavioral evaluation of auditory processing pre and post formal auditory training. Eight sessions took place in an attempt to train the auditory skills of temporal ordering, auditory closure and figure-ground. Results : All individuals improved in all tests after the training, improving the auditory skills of temporal ordering and figure-ground of verbal sounds. In terms of the altered gnosis processes, a significant improvement was found for encoding (gradual loss of memory and sensory integration) and organization. Conclusion : After formal auditory training, individuals with severe traumatic brain injury exhibited adequacy in the auditory skills of figure-ground, temporal ordering and resolution.

Objetivo : Verificar os efeitos do treinamento auditivo formal em indivíduos após traumatismo cranioencefálico, utilizando testes comportamentais. Métodos : Nove indivíduos audiologicamente normais, que haviam sofrido traumatismo cranioencefálico grave, com lesão axional difusa, com ou sem lesão focal associada, foram submetidos à avaliação comportamental do processamento auditivo pré e pós treinamento auditivo formal em cabina acústica, organizado em oito sessões, visando o treinamento das habilidades auditivas de ordenação temporal, fechamento auditivo e figura-fundo. Resultados : Observou-se melhora no desempenho em todos os testes, após o treinamento, refletindo em uma melhora das habilidades auditivas de ordenação temporal e figura-fundo, para sons verbais. Quanto aos processos gnósicos alterados, observou-se melhora significativa para codificação (perda gradual de memória e integração sensorial) e organização. Conclusão : Indivíduos com lesão axional difusa, após sofrerem traumatismo cranioencefálico grave, apresentaram adequação das habilidades auditivas de figura-fundo, ordenação e resolução temporal, evidenciadas na avaliação comportamental do processamento auditivo, pós treinamento auditivo formal.
Palavra-chave Hearing
Auditory diseases Central
Neuronal plasticity
Rehabilitation
Brain injuries
Audição
Doenças auditivas centrais
Plasticidade neuronal
Reabilitação
Traumatismos encefálicos
Idioma Português
Data de publicação 2014-03-01
Publicado em Audiology - Communication Research. Academia Brasileira de Audiologia, v. 19, n. 1, p. 33-39, 2014.
ISSN 2317-6431 (Sherpa/Romeo)
Publicador Academia Brasileira de Audiologia
Extensão 33-39
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S2317-64312014000100007
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S2317-64312014000100007 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/8276

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S2317-64312014000100007.pdf
Tamanho: 412.2KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta