Variation of digital palpation pressure used in the clinical examination of TMJ disorders and orofacial pain

Variation of digital palpation pressure used in the clinical examination of TMJ disorders and orofacial pain

Título alternativo Variação da aplicação da força de palpação digital utilizada no exame clínico de disfunção temporomandibular e dor orofacial
Autor Lima, Camilo Massa Ferreira Google Scholar
Rodrigues, Luciane Lacerda Franco Rocha Google Scholar
Teixeira, Marcelo Lucchesi Google Scholar
GuimarÃes, Antonio Sérgio Google Scholar
Instituição Centro de Excelência Odontológica
Faculdade São Leopoldo Mandic
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVE:The present research aims to evaluate the calibration of digital palpation pressure as well as to assess the inter-examiner variation and mean pressure used by a sample consisting of 56 professionals of the TMJ disorders and Orofacial Pain area.METHODS:Each participant was asked to press a digital balance to approach 1.0 kg and subsequently 0.5 kg without seeing the display, in order to obtain a blind data. The values of 1.0 kg and 0.5 kg are recommended by the Research Diagnostic Criteria for Temporomandibular Disorder in the refined Axis I, the Physical Assessment. Participants were considered calibrated when they applied the correct pressure in at least 4 of the 5 measurement taken; within a 20% variation interval (pressures between 0.4 and 0.6 kg were acceptable for the reference value of 0.5 kg and between 0.8 and 1.2 kg for the reference value of 1.0kg). The t-student test was used to analyze data (p≤0.05).RESULTS:70% of the sample was classified as non- calibrated for the 0.5 kg pressure while 57% were not calibrated for the 1.0 kg pressure. The mean inter-examiner variations, 0.3 kg for the pressure set at 0.5kg and 0.6 kg for the pressure set at 1.0 kg, were considered high.CONCLUSION:The mean pressures applied by participants (0.7 kg for joint palpation and 1.4 kg for muscle palpation) were also considered high in comparison with those recommended by the Research Diagnostic Criteria for Temporomandibular Disorder, but acceptable according to the tendency of applying higher values of 1.0 - 1.5 kg, as proven by recent study.

OBJETIVO:Avaliar a calibração da força de palpação digital, bem como determinar a variação intra-examinador e a força média aplicada por uma amostra composta de 56 profissionais que atuam na especialidade de disfunção temporomandibular e dor orofacial.MÉTODOS:Foi solicitado a cada participante que pressionasse o centro de uma balança digital, sem visualizar o display, o valor que acreditasse ser correspondente à 1,0 kg e, posteriormente, a 0,5 kg, recomendados pelo protocolo de exame físico do Eixo I do Consortium, the Research Diagnostic Criteria for Temporomandibular Disorders. Foram considerados calibrados aqueles que aplicassem a força correta, aceitando-se uma variação de 20% (entre 0,4 e 0,6 kg para o menor valor e 0,8 a 1.2 kg para o maior valor), em 4 das 5 aferições realizadas. Na análise dos dados foi utilizado o teste t de Student (p≤0,05).RESULTADOS:70% da amostra foi classificada como não calibrada para a força de 0,5 kg e 57% não calibrada para 1,0 kg. A variação média intra-examinador de 0,3 kg para o peso de 0,5 kg e 0,6 kg para o de 1,0 kg foram consideradas altas.CONCLUSÃO:A força média aplicada pelos participantes (0,7 kg para palpação articular e 1.4 kg para palpação muscular) foi maior que o recomendado pelo Consortium, the Research Diagnostic Criteria for Temporomandibular Disorders, entretanto encontra-se de acordo com a tendência em aplicar valores mais altos entre 1,0 e 1,5 kg, validado em estudo recente.
Palavra-chave Diagnosis
Palpation
Research
Temporomandibular joint dysfunction syndrome
Diagnóstico
Palpação
Pesquisa
Síndrome da disfunção da articulação temporomandibular
Idioma Inglês
Data de publicação 2014-03-01
Publicado em RGO - Revista Gaúcha de Odontologia. Faculdade São Leopoldo Mandic, v. 62, n. 1, p. 19-24, 2014.
ISSN 1981-8637 (Sherpa/Romeo)
Publicador Faculdade São Leopoldo Mandic
Extensão 19-24
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/1981-8637201400010000032501
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1981-86372014000100019 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/8271

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1981-86372014000100019.pdf
Tamanho: 122.2KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta